Infelizmente estamos em uma época de demissões em vários setores. Nesse caso, como o trabalhador deve agir?

corteA perda do emprego é algo que tem assombrado a vida profissional de muitas pessoas, principalmente nesta época em que diversas empresas estão demitindo e as regras do Seguro Desemprego mudaram.

Para esclarecer um pouco sobre a melhor conduta que o funcionário deve ter diante dessa situação, gravei um áudio que você pode conferir clicando aqui.

Nele você vai conhecer – com detalhes – as cinco regras básicas de como proceder.

 

1. Não demonstre desespero;

2. Não aceite terrorismo;

3. Não se misture aos desesperados;

4. Não aja como se já estivesse demitida;

5. Seja precavida.

Ouça, compartilhe com seus amigos e faça com que essa onda toda passe com um pouco mais de tranquilidade e clareza.

E para não perder nada aqui no blog…

[newsletter]

Nos vemos!

 

Jornalista especialista em finanças, autora do best-seller Bolsa Blindada, colunista do programa Mulheres, TV Gazeta e youtuber.

  • Bom dia, Patrícia!
    Gostei das dicas e pratiquei a maioria sem saber delas. 🙂
    Não sofri por antecipação como a maioria, que ficava especulando se ia ou não estar na lista de corte.
    Fiquei tranquila e continuei fazendo minha parte, até a notícia ser concreta.
    Vejo que foi bom, pois tenho usado o tempo para fazer projetos que adiei durante anos e para buscar a recolocação de forma mais explícita.
    Beijinhos! ♥

  • Olá, bom dia.
    Esse post veio como uma luva para mim. Meu empregador, indústria, esta passando por um processo financeiro bem complicado, muito complicado e depois de 18 anos em um cargo de confiança fui desligada. Sei do meu potencial profissional, das minhas qualificações e que, nao vou encontrar outra colocação com o mesmo salário. Foi um susto. Ufa! Estou preocupada, apreensiva mas, não estou desesperada. Não divulguei ainda o meu desligamento para não provocar um certo terrorismo nos outros colegas, que, sabemos, serão igualmente desligados até o final deste mês. Uma tristeza pois a grande maioria dos empresários brasileiros que já estavam sentindo o peso da carga tributária (injusta) neste país, agora terão que repassar para seus trabalhadores este peso. Ja vivemos ali, no limite de todas as preocupações, “arroxo” financeiro, inflação camuflada e agora, penso eu, mais apertada ainda.

  • Bom dia, Paty!
    Que texto e áudio perfeitos!
    Até para mim que estou aguardando uma novidade!
    Beijos, Deus a abençoe

  • Muito bacana Paty, temos que viver pela fé mesmo, estou vivendo um pouco isso, e me separei dessas conversas pessimistas. bjo grande.

  • Paty Amei as Dicas!! Aqui na empresa estão todos assim, estamos passando por uma fusão pois toda a Europa ja esta em processo e todos estão desesperados… Mas me encontro tranquila… Pois caso aconteça Vamos em Frente!! 🙂

  • Patrícia, tudo bem?
    Você me desculpa mas não identifiquei o local para encomendar o guia de gasto. Vi uma publicação que ele custa 9. 90 e não vai ter taxa de entrega.
    Muito obrigada por suas orientações elas realmente fazem a diferença.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *