21 dias para crescer – Dica 3 – Moderação

16/08/2017

21 dias para crescer – Dica 3 – Moderação

Ter moderação em tudo o que fazemos é sempre bom, até aí, nenhuma novidade. Mas, de todas as coisas, em…

Ter moderação em tudo o que fazemos é sempre bom, até aí, nenhuma novidade. Mas, de todas as coisas, em qual devemos estar mais atentas e sermos mais moderadas?

Screen Shot 2017-08-14 at 13.35.51

O Provérbio 10:19 diz o seguinte:

“Na multidão de palavras não falta pecado, mas o que modera os seus lábios é sábio.”

Quantas não foram as vezes que nos arrependemos de termos dito alguma coisa ou que falamos demais com respeito a algo ou alguém? Passar do ponto em relação ao que se fala – citado no provérbio pela expressão “multidão de palavras” – não é nada difícil, muito pelo contrário! Difícil mesmo é saber a hora de parar de falar…

Uma noite dessas fui jantar fora com meu marido e nos sentamos próximos à mesa de um casal de desconhecidos. Como havia uma distância pequena entre as mesas, seria um local para se falar mais baixo, porém, mal nos acomodamos e já percebemos que a mulher ao lado não estava nem um pouco preocupada que os outros ouvissem sua conversa…

Ela começou a falar mal de vários colegas de trabalho e a citar os nomes completos das pessoas (sobrenome, profissão e onde trabalhavam!)  e a classificar quem era bom de negócio, quem não era e até quem era desonesto, segundo sua opinião. Para piorar a situação, uma das pessoas que ela definiu como sendo de “caráter duvidoso” é conhecida nossa!

Se ela tivesse reconhecido o momento de parar, não teria cometido vários pecados, como:

  • Ter sido inconveniente com boa parte dos clientes do restaurante (que se incomodou com a altura do falatório, incluindo eu e meu marido)
  • Ter se exposto diante de pessoas que não sabe quem são (já pensou se nós resolvemos contar para o nosso conhecido o teor da conversa dela?)
  • Ter sido uma péssima companhia (o rapaz mal abriu a boca e teve que pedir para ela “esperar um pouquinho, por favor”, para que ele fosse ao banheiro, pois mesmo já estando em pé, ela o segurou pelo braço para terminar um raciocínio sem fim)

Isso sem considerar o teor da conversa, que não passava de fofoca e desdém…

Em um mundo onde as pessoas estão cada vez mais carentes de contato real, é preciso voltar a desenvolver a arte de conversar. Saber ouvir, ser gentil, falar de coisas edificantes e produtivas e, acima de tudo, ser moderada o suficiente para saber a hora de parar de falar.

Acompanhe com a gente esses “21 dias para crescer”, onde teremos uma dica por dia para meditarmos juntas. Para não perder nada, cadastre-se aqui!

[newsletter]

FullSizeRender

E se quiser uma boa leitura, confira as promoções dos meus livros aqui na loja virtual. Clique aqui e veja os combos promocionais.

Nos vemos!

1 comentário

    Lendo esse post lembro-me de Al que ouvir a algum tempo, mas que carrego comigo sempre: quem fala planta, quem ouve colhe!!!! Vale ressaltar que devemos ter cuidado com o que ouvimos tanto quanto com o que falamos, para colhermos os bons frutos.

Gostou? Comente aqui!

Deixe um comentário




Outras notícias


Produtos




TV Patrícia Lages

Não foi fornecido um URL válido.


Não perca nada. Seu dinheiro agradece!

Digite seu e-mail no campo abaixo para se
inscrever em nossa newsletter.

Shopping cart

0

No products in the cart.