21 dias para crescer – Dica 19 – Evitar o sofrimento

Hoje a Isabela Munhoz vai falar sobre um tema meio polêmico: proteger os filhos dos sofrimentos ou deixá-los passarem por certas angústias? Confira o post e deixe sua opinião!

Se você está chegando agora aqui no blog (seja bem-vida!), tratamos sobre assuntos ligados a finanças pessoais e empreendedorismo. Porém, às sextas-feiras, abrimos espaço para a Isabela (a executiva que deixou a carreira para ser mãe em tempo integral) trazer temas sobre maternidade. Com a palavra, Isa! 😀

leoa

Quem quer ver seu filho sofrendo na vida? Ninguém! Amamos tanto nossos pequenos que queremos que sejam muito felizes e que não tenham que passar por nenhum sofrimento. Mas será que superprotegê-los, fazer de tudo para que não sofram, é a melhor escolha? Vou usar uma história bíblica para ilustrar o assunto.

Em um momento de muita angústia, em que Jesus estava se sentindo profundamente triste por saber o que estava por vir (sua crucificação), orou a Deus, dizendo:

“Aba, Pai, todas as coisas te são possíveis; afasta de mim este cálice; não seja, porém, o que eu quero, mas o que tu queres” – Marcos 14:32

“Aba”, em aramaico, é uma forma carinhosa de chamar o pai, como os filhos dizem: “papai” em português. Agora, imagine nós, mães, vivenciando essa cena com o nosso filho: ele lhe chamando de mamãe e implorando para que você não permitisse que ele passasse por alguma angústia! Quem resistiria?

Estava nas mãos do Pai (Deus) decidir atender ao pedido do Filho (Jesus) ou não. E o que o Deus fez? Nada! Deixou que seu amado Filho passasse por todo sofrimento que o aguardava… Deus foi um Pai ruim? Não! Mas Ele sabia o que era melhor para o Seu Filho e para toda a humanidade.

Mas agora vem a polêmica! Deus foi um Pai sem coração? Sim! E é aí que está a chave de como devemos agir com nossos pequenos. Se sabemos o que é melhor para eles, não devemos nos deixar levar por pena ou dó, fazendo de tudo para que não tenham que passar pelas dificuldades.

Graças às dificuldades é que vêm as vitórias, são os problemas que fazem crescer e amadurecer. Se não deixarmos nossos filhos passarem por problemas, como saberão lidar com as frustrações e enfrentar as grandes dificuldades que a vida lhes trará?

Nenhuma mãe quer ver seu filho sofrendo, mas se entendermos que é para o bem dele, vamos imitar o Pai e deixar que o nosso filho passe pelas dificuldades, pois só assim sairão vitoriosos. Não foi assim com o Filho de Deus? O Seu sacrifício foi muito grande, mas maior foi a sua conquista: a salvação para a humanidade.

E você: como tem agido com seu filho? Com o coração, evitando os sofrimentos, ou deixando que ele aprenda, cresça e se torne forte e vitorioso ainda que doa?

Até a semana que vem!

Jornalista com atuação no Brasil, Inglaterra, Argentina e Israel. Autora do best seller Bolsa Blindada e palestrante na Universidade de Harvard.

Categoria: Crianças
  • Vânia Maria Gabriel de Souza diz:

    Não sou mãe. Agradeço muito, muito, muito ao meu irmão Carlinhos que sempre agiu assim comigo… como Deus agiu com Jesus como contempla o texto da Isabela. Sempre achei que ele não tinha coração comigo que sou “sua única irmã!!”…. mas não… aliás, após ler este texto, consigo compreender a dona Maria e o “seu” Antonio, meus pais (falecidos) a maneira sábia com que, em sua maneira rígida de ser, me amaram, à sua maneira… e da maneira correta! Obrigada, queridas!

  • MONICA MATTOS diz:

    Muito pertinente o tema, para um tempo em que pais superprotegem os filhos, não impõem limites, não se preocupam com valores, tirando-lhes a oportunidade de crescimento ao lidar com as dificuldades e fracassos, naturais no decorrer da vida. Sou mãe de uma moça. Amei!!!Parabéns!

  • JEANE LIMA diz:

    OLA ISABELA BOM DIA,É NÃO É FÁCIL AGIR DE FORMA QUE NÃO ENVOLVA O CORAÇÃO, TENHO UM CASAL DE FILHOS AINDA PEQUENOS AS NUNCA QUE UMA MÃE QUE VER SEU FILHO PASSANDO POR UMA DIFICULDADE AINDA SIM TÃO PEQUENOS.MAS É IMPORTANTE O CRESCIMENTO DELES PARA fORMAR O CARÁTER MUITO BOA ESSA METERIA PATRICIA ,E OBRIGADA ISABELA POR ABORDAR UM ASSUNTO QUE NOS FACA PENSAR NÃO COM O CORAÇÃO MAS COM A RAZÃO.

  • Patrícia Monteiro diz:

    Sabias palavras! Guardarei esse exemplo com certeza!

  • Tânia Góis Soares diz:

    Penso que nos sofrimentos a aprendizagem se torne mais intensa.A dessa forma, em sua maioria as pessoas aprendem.
    Por isso a maturidade traz uma sabedoria.

  • Vilma diz:

    Olaaa…
    Amei seu post 💝
    Amar não é só proteger!
    Super concordo que não queremos ver nossos filhos sendo maltratados ou sendo rejeitados,mas, é preciso mostrar pra eles que o mundo não é baseado só em flores… infelizmente.
    Temos que ensina-me a guerriar desde cedo💪

    Deus abençoe a vocês que são usada pra direcionar muitas vidas❤❤❤

Seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatório são marcados *

*


Carreira Profissional

Cartão de Crédito

Investimentos

Pagamento de Dívidas

Faça uma busca no site:

Acompanhe também a Bolsa
Blindada nas redes sociais:


Receba todas nossas novidades!

Livros Bolsa Blindada:

Desenvolvido por: