Pretendo que o texto do Fiuza seja o último sobre quarentena, pandemia e afins aqui no blog. Sinto-me no dever de prestar esse serviço às minhas leitoras.

Continue lendo