Quando aparece um problema logo apontamos um culpado que, por sua vez, trata de empurrar a culpa para cima de outro. Assim está o jogo “empregados X patrões”. Será que é dividindo o Brasil que vamos alcançar a solução?

Continue lendo