Uma das passagens amplamente usadas como modelo de justiça é o “olho por olho, dente por dente”. Mas devemos mesmo levar esse conceito ao pé da letra? Como fazer isso no mundo virtual?

Continue lendo