Você conhece pessoas que acreditam em tudo o que ouvem sem o menor questionamento? Tratam-se de pessoas simples demais, mas será que isso é bom? Confira o desafio de hoje!

Continue lendo

Neste segundo estudo analisamos porque às vezes confundimos ser simples com ser imprudente (e acabamos pagando caro pelo engano!). Saiba a diferença entre simplicidade e prudência e escolha o melhor caminho.

Continue lendo

Já ouvi pessoas dizerem que acreditam em tudo porque “não têm ‘maldade’ para imaginar que algo dito possa ser mentira”. Mas será que pesar o que se ouve é mesmo maldade?

Continue lendo