Esta frase é da Fabiana Sousa e foi uma das histórias que mais me tocou nas últimas semanas. Veja por quê.

Continue lendo