O atentado a facada ao presidenciável não atingiu apenas Jair Bolsonaro, mas também a democracia e o bom senso. Há motivos para comemorar?

Continue lendo