Está sendo divulgada a notícia de que alguns trabalhadores poderão sacar seu FGTS. Veja se você está entre as pessoas que poderão receber o dinheiro!

fgts

Segundo o site da Caixa Econômica Federal, que detém as contas de FGTS, estas são as regras para sacar o benefício:

  • Quem tem direito ao saque – trabalhadores com uma conta inativa encerrada até 31/12/2015;
  • Quando poderá sacar – será lançado um calendário de saques no mês que vem e a ordem seguirá a data de nascimento dos beneficiários. O ministro do Planejamento, Dyogo de Oliveira, informou que até 1º de fevereiro o governo divulgará esse cronograma;
  • O que é uma conta inativa – são as que têm data de desligamento da(s) empresa(s) anterior a 31/12/2015, ou seja, se você trabalhou com registro em carteira e foi demitido ou pediu demissão em data anterior a 31/12/2015;
  • Como saber se você tem saldo a receber – primeiramente tenha o seu número do PIS (ou NIS) em mãos, pois você vai precisar dele sempre que quiser fazer a consulta. Depois, escolha uma das formas abaixo:

No seu celular –  baixe o Aplicativo FGTS, é gratuito e está disponível para IOS e Android (App Store, Google Play ou Windows Store).

No site da Caixa – clique aqui e consulte agora, mesmo que você não seja cliente da Caixa conseguirá saber se tem saldo.

Internet banking – se você tem conta na Caixa, pode consultar pelo “Serviço Cidadão” clicando aqui.

Por telefone – ligue para 0800 726 0207, de segunda a sexta, das 8h às 21h. Sábados, domingos e feriados ligue das 10h às 16h.

Pessoalmente – vá a uma agência da Caixa. Pesquise aqui a agência mais perto de você.

LEMBRE-SE: para qualquer forma de consulta será necessário fornecer seu número de PIS (ou NIS).

Este post foi útil para você? Então cadastre-se aqui no blog e você receberá mais informações importantes para o seu bolso! 😀 

[newsletter]

Nos vemos!

Jornalista especialista em finanças, autora do best-seller Bolsa Blindada, colunista do programa Mulheres, TV Gazeta e youtuber.

    • Me ajudou muito como sempre tudo que você faz nos ajuda muito e ótimo esta informada sobre nossos direitos etc…Sp tenho agradecer a Deus por você nos ajudar tanto

  • Olá Patrícia, você sabe me dizer se tem como receber o PASEP depois que passou o prazo? Eu perdi o prazo do meu e não sei o que fazer. Obrigada.

    • A informação que li é que se o saque não foi efetuado por perda de prazo, não há mais como receber. Porém, creio que vale a pena vc se informar melhor na Caixa. Bjs!

    • Creio que, se for da mesma forma que o saque por demissão, será nas agências da Caixa. Para vc que está no exterior, não sei se serviria um procurador/representante. Teria que ver seu caso em particular. Beijos!

  • Patty, você já fez algum “jejum financeiro”?
    Onde ficamos um tempo sem gastar dinheiro com o supérfluo?
    Tem alguma dica para quem deseja fazer?

    Não estou endividada, também não estou esbanjando dinheiro.
    Iniciei uma pós graduação que esta me obrigando a fazer sacrifícios, porém será bom pra mim, pois pvai melhorar meu salário.
    Também foi acordado com meu chefe que em maio receberei um aumento, então até maio estou tentando não comprar nada de besteira para não descontrolar.

    Obrigada!

  • Oi Dna Patrícia…eu trabalhei a titulo de experiência numa empresa na data de 03/11/2015 até 31/01/2016…por ser para experiência eu tenho o direito de sacar meu fgts?
    Aguardo resposta…Obrigada

    • A regra diz que quem tem direito são os trabalhadores que tiveram desligamento até 31/12/2015.

  • Oi Paty!!! Não sei se é difícil pra todo mundo, mas pra mim particularmente tá sendo um trabalho árduo e tanto. Sou o tipo de pessoa que compra descontroladamente e o reflexo disso não tem sido nada bom. Eu estou completamente endividada, minha renda mensal já não dá pra quitar os débitos que tenho. Sei que preciso primeiramente parar de comprar….O problema é colocar isso em prática. Todos os meses é a mesma coisa, recebo o dinheiro pela manhã e no início dá tarde já não tenho nem um centavo se quer. Saio dando um pouquinho a um, pouquinho a outro, mas não consigo estabilizar minha vida. Já pensei até em fazer o seguinte: cada mês zerar uma ou duas contaspra ter a sensação de que tá diminuindo, mas por outro lado as outras pessoas que devo não iam querer de jeito nenhum ficar sem receber nada no mês. Oh Paty me ajude….Diante de suas experiências me oriente por favor. O que devo fazer? Qual a melhor maneira de quitar meus débitos? Vale ressaltar que moro em uma cidade pequena onde as compras são feitas em promissórias… Já tive cartão de crédito, cheque, porém acabei perdendo. Tenho em mente que preciso primeiro resolver meus problemas com as pessoas que devo na cidade e só depois resolver problemas do banco. Estou perdida. E quero nesse ano de 2017 organizar minha vida. Ajudr-me por favor!!!

  • Patty, gostaria de compartilhar com vc e com suas leitoras:

    Minha mãe, professora, trabalhou em duas escolas, lecionando nos períodos de:

    1ª escola- 03/02/86 a 30/04/1987

    2ª escola- 05/02/86 a 12/02/1990;

    -ela tem a CLT (Carteira de Trabalho), porém ao se dirigir a uma agência da Caixa Econômica Federal, munida dos documentos, tentando obter mais informações para retirar o FGTS, passou ‘2 horas tomando chá de cadeira literalmente’, juntamente com TODOS OS QUE LÁ ESTAVAM PARA TENTAR SABER INFORMAÇÕES SOBRE CONTA INATIVA DE FGTS; reparem porém que, para os demais serviços, vários caixas estavam operando, já para quem desejava informações sobre contas inativas do FGTS, apenas 2 mesas eram disponibilizadas para atendimento! Após esse longo desconfortável período de espera, minha mãe recebeu a informação de que – NA TELA DO COMPUTADOR DA CAIXA – NÃO APARECE NENHUMA INFORMAÇÃO SOBRE ESSAS EMPRESAS… (as 2 escolas onde ela lecionou…); então, ao apresentar a Carteira de Trabalho com informações de que o FGTS havia sido depositado no Banco Itaú (pela 1ª empresa) e no Banco Bradesco (pela 2ª empresa); o funcionário da Caixa Econômica Federal, disse para ela que os bancos (Itaú e Bradesco) NÃO REPASSARAM OS VALORES PARA A CAIXA E QUE, PORTANTO, SIMPLESMENTE, ESTE DINHEIRO NÃO ESTÁ DISPONÍVEL PARA RETIRADA…

    Se alguém souber, gostaria, por favor, de orientações a respeito, pois, infelizmente, há 30 anos, o trabalhador não tinha acesso à internet, nem tinha informações sobre procedimentos sobre essas contas do FGTS.

    Diante desses fatos, como devo proceder para ajudar minha mãe:

    1-Para onde foi este dinheiro – que, presumo, ainda seja DELA por direito’?
    2-Quem é responsável pelo ‘desaparecimento’ desse dinheiro? Os Bancos Itaú e Bradesco (que, segunda a Caixa Econômica Federal, não repassaram?);

    3-Há possibilidade de minha mãe reavê-lo? De que forma?

    Agradeço imensamente pela atenção!

    • Isa, vcs precisam de assistência jurídica. Consulte um bom advogado e veja o que ele aconselha. Não deixe o dinheiro “sumido”, vá atrás. Sem contar que é bem possível que a informação do atendente esteja errada. Ir em outra agência da Caixa tb pode ser uma boa. Bjs

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *