Reels e TikTok X seu cérebro – JE#6

15/10/2021

Reels e TikTok X seu cérebro – JE#6

Novos formatos de conteúdo podem trazer muito mais prejuízo do que simplesmente fazer você perder tempo. Confira o passo 6!…

Novos formatos de conteúdo podem trazer muito mais prejuízo do que simplesmente fazer você perder tempo. Confira o passo 6!

Falta de foco, irritabilidade, ansiedade

Esta semana foi bastante corrida, sem feriado e com muitas tarefas a serem feitas.

Mas mesmo com toda correria, meu trabalho me permite conhecer pessoas muito interessantes, inteligentes e que são como verdadeiros presentes.

E o presente da semana foi conhecer o Dr. Leo Fraiman, psicanalista com mais de 30 anos de profissão, escritor, palestrante internacional e autor de mais de 20 livros.

Talvez você o conheça do programa Todo Seu, que o queridíssimo Ronnie Von apresentou por mais de uma década na TV Gazeta (onde trabalhei por 4 anos).

Em uma conversa de quase uma hora, ele me passou tantas informações importantíssimas que renderam alguns artigos para a minha coluna do R7. Um deles você pode conferir clicando no título abaixo:

O que estão fazendo com nossas crianças

Mas hoje quero trazer à nossa Jornada do Enriquecimento um assunto que, se você não se atentar, poderá prejudicar – e MUITO – a sua caminhada.

Reels e vídeos curtos não são passatempos

Para quem não sabe, o TikTok é uma rede social que virou febre entre crianças e adolescentes e consiste em exibir vídeos curtos em autoplay (sem parar).

O Instagram foi na onda e lançou o Reels, que funciona no mesmo formato: um sem-fim de vídeos que fazem qualquer um perder horas e horas inutilmente.

Para quem pensa que isso é apenas um passatempo, Leo Fraiman diz que é algo totalmente diferente: trata-se de um mata tempo.

Um passatempo pode divertir, instruir e trazer momentos de lazer saudáveis e positivos, mas um mata tempo não tem absolutamente nada de bom. Veja o que o Leo me disse:

Esses vídeos provocam ansiedade porque quem assiste nunca sabe o que vem depois. É uma rolagem infinita de vídeos desconexos que tiram o foco e só apresentam mais do mesmo, porque quem decide o que a pessoa vai ver na sequência é um algoritmo. Eles provocam uma superficialidade cerebral que prejudica a formação de memórias de longo prazo. São coisas que simplesmente ’emburrecem’.

Mas o problema não está só nesses vídeos infinitos sobre nada.

Se você tem dificuldade em se concentrar, se não tem mais conseguido ler um texto sem ter de ficar voltando ao parágrafo anterior (porque percebeu que a cabeça “desligou”) e se não consegue largar o celular por meia hora que seja, repense as suas atitudes.

Você depende do seu discernimento, do seu poder de raciocínio, de foco e da sua memória.

Não perca isso para redes sociais criadas para viciar e emburrecer.

Use-as de forma positiva, com propósito e com equilíbrio.

Nos vemos!

16 comentários

    Verdade! Desde julho, reduzi consideravelmente meus acessos às redes e comecei fazer mais de meu hobby favorito: ler. O resultado até agora foi a leitura de 10 livros. O sentimento de estar usando o tempo de maneira útil deixa um gostinho de quero mais no coração. Tenho assistido ao seu clube da leitura em outros dias da semana por ter compromissos no mesmo horário aos domingos – Fantástico a sua ideia! A memória melhorou bastante e tenho conseguido aplicar as coisas que tenho aprendido nos livros. Simplesmente cativante! Obrigada por sua dedicação e por nos abençoar tanto!

    Bom dia! Eu sempre gostei muito de ler, desde criança, meu pai era um autodidáta, nossa casa tinha uma estante abarrotada de livros, muitas enciclopédias e clássicos. Porém hoje em dia, tenho que policiar-me para ñ passar meu tempo livre no youtube, assisto mais vídeos do que leio e sinto-me culpada ? ???

    Obrigada por esse artigo tão importante! Super útil essa informação.

    Muito esclarecedor esse texto, obrigada por nos alertar!

    Olá, bom dia! O uso inadequado da tecnologia, pelo “modismo” é prejudicial, pois através desses tipos de “vídeos infinitos sobre nada”, são implementadas a “missão de emburrecer” principalmente as crianças e, muitos adultos também são envolvidos de tal forma que não percebem o real motivo: desinformação! Abraços.

    SENSACIONAL!!
    E UM IMPORTANTÍSSIMO ALERTA!!!

    Boa tarde, Patrícia!
    Tenho percebido muita ansiedade nos meus netos, que amam uma telinha. Seja filmes, jogos, YouTube, Netflix, não importa, eles desejam muito estar conectados. E não entendem muito bem quando os impedimos e sugerimos outras atividades e brincadeiras. É um assunto bem importante de ser discutido, pois os pais também têm sofrido com poucas sugestões de alternativas, eles não sabem bem o que fazer diante de tantos ambientes recheados de Internet, os quais os filhos precisam frequentar, seja na escola , casa de amigos, celulares dos colegas, lugares aonde vão para se divertirem, ou mesmo em casa observando as atividades dos pais. A criança não entende a diferença entre televisao, cinema ou apenas um jogo nas telinhas. Elas querem explorar. Na China já se limitou o horário para que crianças e adolescentes permaneçam conectados. Mas e no Brasil, o que especialistas e autoridades farão??
    Obrigada pela reflexão ?

    Percebi que meu sobrinho de 05 anos não consegui ver um vídeo de 03 a 05 minutos. O vídeo começa e se não for interessante, ele muda de vídeo. Mesmo histórias bonitinhas e coloridas. Ele não tem paciência.

    Minha filha colocou o tik tok no meu celular, primeiro eu briguei com ela e depois comecei a mexer e ate ficar uma hora no tik tok .
    Percebi que estava errada com esta atitude e apaguei ele do meu celular, é realmente viciante DEUS QUE ME LIVRE.
    Prefiro ficar lendo os assuntos da minha amiga Paty.
    Um abraço Paty kkkk

    Perfect, appreciate that. ??

    Super útil este post!

    Era era viciada em Facebook, mas quando percebi que não me agregava em nada, deixei de desperdiçar o meu tempo. Hoje entro no YouTube para ver coisas interessantes, como os vídeos da Patrícia lages, Natalia Arcuri e Gustavo cerbasi.

    Uau , adorei o tema, graças a Deus percebi logo o meu tempo sendo matado, e me desconectei.

    Muito obrigada pelo alerta. Já não assisto a reels, mas vejo meu sobrinho de 11 anos hipnotizado no reels e tiktok: 🙁 E o que foi essa análise do que estão fazendo com nossas crianças? Uau!

    Bravissima!!! ??????

    Esse artigo me chamou atenção, realmente é verdade, a minha memória não é mais a mesma e vejo que isso estava atrapalhando mesmo minha concentração no que realmente importa, também estava procrastinando minhas responsabilidades. Mas graças a Deus eu tomei uma atitude. Ultimamente passo a semana toda sem o instagram, só instalo nos finais de semana, mas ainda assim me policiando para me desapegar mais; Outra atitude foi de voltar a ler livros, inclusive atualmente estou lendo o seu livro Bolsa Blindada 2 (leitura muito enriquecedora), vim aqui atrás das planilhas citadas no livro e aproveitei para ler esse artigo. Grata por compartilhar seus conhecimentos e experiências com a gente, Um grande bjo, Paty

Gostou? Comente aqui!

Deixe um comentário




Outras notícias


Produtos




TV Patrícia Lages

Não foi fornecido um URL válido.


Não perca nada. Seu dinheiro agradece!

Digite seu e-mail no campo abaixo para se
inscrever em nossa newsletter.

Shopping cart

0

No products in the cart.