Lei do mínimo esforço – JE #5

11/10/2021

Lei do mínimo esforço – JE #5

Ela existe e está presente em todos os lugares, mas deve estar totalmente fora da sua vida! Você não é…

Ela existe e está presente em todos os lugares, mas deve estar totalmente fora da sua vida!

Você não é todo mundo!

Acho que não existe um ser humano na face da terra que nunca tenha ouvido a frase acima!

E acho também que deveríamos lembrar mais dela, principalmente quando as pessoas dizem que “todo mundo” está fazendo isso ou aquilo.

Se a nossa sociedade vem em uma derrocada que chega a dar medo, fazer o que a maioria faz não é uma coisa boa a se fazer, não é mesmo?

Hoje em dia, em praticamente todos os setores da sociedade a chamada “lei do mínimo esforço” está mais do que presente.

Há sempre alguém que faz apenas o que deveria (ou menos) e que demora o máximo de tempo possível (ou nem chega a fazer).

E tudo isso, como diria aquele saudoso personagem do Chaves, “para evitar a fadiga”.

É inegável que ao vermos uma pessoa que não faz mais do que o mínimo no trabalho enquanto milhões estão sem emprego dá muita bronca.

Mas não devemos ir por esse caminho, caso contrário, viveremos bronqueados com alguém!

É muito mais produtivo entendermos que sempre haverá pessoas assim e que cabe a nós duas coisas:

  1. Não julgar quem pratica a lei do mínimo esforço
  2. Não seguirmos seu exemplo

Lembra do post anterior sobre julgamentos?

Na verdade não sabemos qual é a bagagem daquela pessoa e os motivos que a levam a ser assim.

Se você quer ajudar, ótimo! Converse, mostre maneiras mais produtivas de fazer as coisas e o quanto vale a pena se empenhar mais.

Se a pessoa aceitar, você ganhou um amigo. Mas caso não, você fez a sua parte.

É assim que crescemos e damos oportunidade de outras pessoas crescerem junto.

Nos vemos!

11 comentários

    Bom dia querida! Quando trabalhava em banco, eu e mais duas amigas dávamos nosso melhor, mas tinham alguns que só por Deus rsrsr.. esse tipo de pessoa sempre existirá. ???

    A sabedoria das mães com essa frase kkk

    Obrigada, Patricia!
    Eu precisava tomar uma decisão importante e depois de orar, conversar com Deus sobre a situação, esse post só confirmou que fiz a escolha certa! Precisarei justamente me esforçar mais, sair da tal “zona de conforto”, porém, me fará crescer e evoluir mesmo que eu não alcance o resultado que eu espero. Será um risco que mesmo “perdendo” irei ganhar de qualquer forma!

    Muito obrigada! Deus a abençoe!?

    Olá, bom dia! “Você não é todo mundo!”… essa era a frase preferida da minha mãe na minha adolescência (rs…rs…) minhas “amigas” me convidavam para ir aos “bailes noturnos” e eu fazia “pirraça” tipo criança porque minha mãe não permitia, mesmo eu falando “todo mundo vai”. Na verdade, eu adormecia muito cedo, não tinha o hábito de dormir tarde e, é claro que as “amigas” não me levariam de volta para casa cedo, o que “estragaria” a diversão delas. O tempo passou…durante o período no qual meus filhos estavam em aula remota, eles queriam assistir as aulas ainda deitados na cama, porque seria mais “prático” para eles e ainda me diziam “todo mundo faz assim”. Eu não permitia essa “praticidade” e utilizava a mesma frase da minha mãe “Você não é todo mundo!” (rs…rs…). Entendo que, principalmente nesse período da adolescência, conversar sobre as situações de “vida real” é uma forma de ajudar no desenvolvimento dos meus filhos. No caso das aulas remotas, optei por organizar um espaço específico para o uso do computador, como se fosse uma sala de aula, uma rotina de preparo como era no presencial (banho, trocar pijamas pela camisa do uniforme, café da manhã, atividades da escola etc.). É inegável que em alguns dias, conciliar a rotina diária de quatro pessoas o tempo todo dentro de casa, foram mais difíceis e outros até engraçados. Por fim, praticamente quase tudo deu certo! (rs…rs…). Abraços.

      Assistir as aulas de uniforme: ❤️!

    Gostei muito, é bem verdadeiro.

    Boa Tarde! Ótima reflexão para hoje, pois agora mesmo estava pensando nisso…. as pessoas só fazem o mínimo, e apenas o que lhe pedem! Deixei os sacos de lixo no portão para o caminhão da coleta, só que já tinha passado a hora deles ajuntarem tudo no meio da rua, porém eu sei que poderia ir até onde estavam os demais lixos, estava bem distante de casa e eu com meu bebê no colo, pensei vou deixar, por certo quando descer o caminhão eles pegam pra eu! Mas infelizmente ou felizmente não pegaram! Apenas uma reflexão minha, não me julguem ? Ótima semana pra nós!!! E que eu acerte o horário de colocar o lixo pra fora ??

    “Lei do mínimo esforço” somada ao “jeitinho brasileiro” levando muitos a andarem na marcha ré. Ótima reflexão!

    Muito bom o post!

    Excelente reflexão!!!

    Quando me formei em Pedagogia e fui trabalhar na área, cheguei com força total para colocar em pratica o que sabia.
    Mas uma parceira de sala acabava comigo, ela ja tinha 8 anos de empresa e sempre me colocava para baixo, e tudo dava errado pra mim e pra ela não kkkkkk.
    Ela fazia tudo com má vontade era desanimador trabalhar com ela, mas depois descobrir que ela não queria mas trabalhar ate pediu para sair da empresa.
    Foi um ano cansativo mas acabou, e eu não segui o exemplo dela, kkkk hoje eu dou risada quando lembro daqueles dias rsrsrsrsrs.

Gostou? Comente aqui!

Deixe um comentário para KATHIA Cancelar resposta




Outras notícias


Produtos




TV Patrícia Lages

Não foi fornecido um URL válido.


Não perca nada. Seu dinheiro agradece!

Digite seu e-mail no campo abaixo para se
inscrever em nossa newsletter.

Shopping cart

0

No products in the cart.