Recebi alguns comentários como esse onde pessoas relatam “medo do PIX”, o novo sistema de transferências bancárias e pagamentos. Esse medo faz sentido?

“Estou com medo do PIX, Patricia”

Depois de receber várias mensagens de pessoas relatando estarem com medo do Pix, decidi trazer o assunto para o nosso Desafio dos 100 dias.

Os medos foram variados, por exemplo:

Alguns focando questões de fraude, sumiço de dinheiro ou algum tipo de golpe e outros focando questões espirituais relacionadas ao fim dos tempos.

Sendo assim, vamos tentar enfocar os dois lados.

Primeiramente, vamos entender o que é o Pix e o que ele propõe.

O Pix é uma nova forma de enviar e receber pagamentos e de fazer transferências de valores.

No que se refere a pagamentos, será um substituto do boleto bancário.

Em vez de imprimir ou gerar o boleto, basta ler um QR Code para efetuar um pagamento, sem nenhum custo.

E no que se refere a transferências, será um substituto do DOC e da TED, que além de terem taxas altas para quem envia, não caem imediatamente na conta do recebedor.

Resumindo: ficará muito mais fácil fazer e receber pagamentos, pois em menos de 10 segundos o dinheiro já estará disponível e sem ter de pagar nada.

Para quem acha que pode haver fraude, o sistema é mais seguro do que hoje em dia, afinal, ficarão registrados tanto quem fez o envio quanto quem recebeu o valor.

E, obviamente, nenhum golpista vai querer deixar rastros.

Hoje, se alguém acessar o número do seu cartão já é o suficiente para conseguir fazer uma compra, mas com o Pix esse tipo de golpe não será possível.

Isso porque é necessário acessar a sua conta com senha para fazer uma transferência ou pagamento.

E mais: ainda que alguém consiga acessar a sua conta, não vai usar o Pix para tirar dinheiro de lá.

 

“Essa facilidade toda de graça? Esquisito…”

Esse foi outro tipo de comentário e que é totalmente compreensível.

Afinal, já diz o ditado que quando a esmola é muita, o santo desconfia!

Os bancos certamente irão perder todo o lucro que tinham com emissão de boletos e cobrança de taxas de DOC e TED.

Porém, eles terão outro ganho e eu explico:

No Brasil, 40% da população não têm conta em banco, são os chamados “desbancarizados”.

Eles movimentam bilhões de reais todos os anos sem envolver nenhum banco e, nisso, os bancos perdem.

Com o Pix, esses desbancarizados – cedo ou tarde – terão de abrir uma conta e é aí que o banco volta a ganhar.

Aliás, nunca se preocupe com o lucro dos bancos, pois eles NUNCA perdem! rs….rs…

Por fim, fica a última análise da questão toda: a espiritual.

Alguns leitores perguntaram se o Pix é a marca da besta e se é uma ferramenta do Anticristo.

Bem, vamos por partes:

O Pix é o que é: uma forma de pagamento e transferências.

Ele não é a marca da besta propriamente dita, mas não podemos deixar de ver claramente que faz parte – dentre uma série de outras coisas – dos preparativos para o cumprimento das profecias.

O Pix, assim como várias coisas que estão sendo implantadas, é mais uma forma de controle total.

Quando dinheiro vivo circula, os governos não têm como rastrear e controlar operações de compra e venda.

Mas com a abolição do dinheiro físico, tudo passará a ser controlado e essa é a palavra-chave para o cumprimento das profecias: CONTROLE.

 

Controle é poder

Quem tem o controle, tem o poder, simples assim.

Não sei como foram as eleições na sua cidade no último domingo, mas aqui em SP ficamos entre a cruz e a espada.

De um lado, o atual prefeito e candidato à reeleição que chegou até mesmo a mandar soldar a porta de comércios para que não fossem aberta.

Ele deu uma demonstração muito transparente de que não estava para brincadeira quando o assunto era controlar quem podia trabalhar e quem não.

Jamais imaginei que um dia veria uma cena em que agentes da prefeitura lacrariam um estabelecimento com solda para impedir as pessoas de trabalharem. Realmente nem nos meus sonhos mais loucos isso passou pela minha cabeça….

E, de outro lado, um esquerdista que já disse inúmeras vezes, com todas as letras, que não respeita a propriedade particular.

Ou seja, isso pode significar que, se ele achar que a casa de alguém é grande demais para aquele tamanho de família, poderá colocar mais “companheiros” para morar lá.

E se ele achar que o governo deve se meter – mais do que se mete – naquilo que é seu, é isso que farão.

Hoje, o seu imóvel não é tão seu assim, afinal, não pague o IPTU e veja se você não o perde.

O mesmo com o seu veículo em relação ao IPVA.

Enfim, tudo está se afunilando para um controle totalitário, com um grande detalhe descrito na Bíblia:

As pessoas vão querer se submeter a esse controle.

Assim como já vemos as pessoas querendo receber uma vacina que nem existe “em prol da vida”, muitas outras coisas serão igualmente “bem-vindas”.

Quem tem ouvidos para ouvir, ouça!

 

Nos vemos amanhã.

 

Confira o post anterior clicando aqui.

[jetpack_subscription-form]

Jornalista, especialista em finanças e autora de 5 best-selleres. Colunista do portal R7 e apresentadora do JR Dinheiro, no Jornal da Record.

  • Bom dia, Patricia!
    Tentei fazer uma transferência pelo PIX ontem à noite, mas não consegui… aparecia uma mensagem dizendo que algumas funções ainda eram restritas…. vai saber!
    Não há dúvida, mesmo que o CONTROLE é o que estou vendo nos dias atuais!
    E também tem aquelas pessoas “folgada” que andam na rua com a máscara colada no queixo… total deselegância e desrespeito!

  • Bom dia!
    Obrigada por esclarecer sobre o Pix.
    Mais o importante é estarmos atentos aos sinais e focarmos em Deus.
    Um grande e agradecido abraço Patrícia.

  • Bom dia, obrigada pela explicação, está em dúvida também, de como ia funcionar. Aqui não temos eleição. Mas e triste ver como as pessoas gostam de se iludir e sofre, vota mesmo candidato que a única coisa que vai fazer e trazer mais problemas, como já estava fazendo. Ruim de tudo isso e que não sofre só aquele que colocou ele no poder, e isso todos.
    Deus nós abençoe e nós fortaleça pelo que a ti vir ainda.
    🥺

  • Concordo totalmente com você. As coisas caminham para um mesmo fim… Que Deus nos guarde e que tenhamos sabedoria do alto para gerenciar tudo o que está aí e o que ainda há de vir.

  • Bom dia!
    Daqui pra frente a tendência é essa, cada dia uma nova tecnologia nos aproximando do cumprimento das profecias, afinal de contas, a única certeza que temos é que elas irão se cumprir, cabe a nós não nos deixarmos manipular, nem sermos controlados por ela, como está escrito que as pessoas vão querer se submeter ao controle, cabe a nós não sermos essas pessoas.
    sobre o PIX, comecei a utilizar ontem, e achei de uma praticidade maravilhosa. Deus te abençoe!

  • Bom dia querida! As coisas estão afunilando, digamos assim, cada dia o cerco vai fechando rsrsr..um grande abraço! 😍😍

  • Não tenho medo do PIX, Paty. Fiz ontem para testar. Acredito como vc: ele em si não é a marca da besta mas sim MAIS um veículo que o Anticristo usará. Enfim, um recado para quem tem medo da marca da besta: tem uma saída, que é o arrebatamento! Assim não teremos como saber se irão adotar o pagamento por PIX, TED, DOC ou cheque… Sei de uma coisa: a besta vai exigir um preço alto: que renunciemos ao nosso Senhor Jesus; mas, Ele virá buscar Sua igreja antes destas coisas acontecerem. Estejamos prontas!

  • Bom dia, Patrícia! Excelente você trazer esclarecimentos sobre o Pix pois há muitas dúvidas mesmo e você as trouxe de forma racional e detalhada. Colocar a parte técnica ao lado da visão espiritual ajuda a dar amplitude ao assunto e a compreender o papel de um “simples” meio de pagamentos dentro de um planejamento maior.

    P.S.: já passei na sua loja hoje para garantir o Caderno fofo que lançou 🙂

  • Muito bem colocado as suas palavras. Muito esclarecedoras. Obrigada Patrícia por nos esclarecer tão bem a situação deste pix.

  • Acho que a Patrícia me grampeou em algum clube da leitura e anda ouvindo as minhas conversas para fazer os artigos rsrsrs, que bom!!! Brincadeiras a parte obrigada por mais esse artigo de sabedoria. Você é benção.

  • “Não sei como foram as eleições na sua cidade no último domingo, mas aqui em SP ficamos entre a cruz e a espada.”

    Tranca Porta x Arromba Porta

    • É isso, Adri… que triste situação para a maior cidade do país.

  • Bom dia Paty.
    Muito obrigada por esclarecer sobre o Pix. Eu tb estava com dúvidas sobre isso. Agora me esclareceu.
    Beijos pra ti!

  • Este foi um dos melhores posts daqui do blog. Por mais que seja um assunto complexo foi muito bem abordado e explicado. É um alerta sobre os novos tempos. Realmente a porta está se estreitando cada vez mais.”

  • Boa noite Patrícia.
    Eu utilizei o Pix logo no começo com meu filho e a conta NuBank, eu pedi para ele transferir e ele perguntou se eu já tinha o Pix. Foi so cobrar, pois a conta dele já está cadastrada. Simplíssimo. Estes dias utilizei com uma cliente. O NuBank já nos dava a condição de Ted sem custo, emissão de boleto sem custo, meus clientes gostam desse leque de possibilidades. Aqui na Espanha temos a bastante tempo o Bizun, a gente faz a cobrança pelo número do telefone de quem nos deve. Facilita, inclusive, para pagar contas nos restaurantes quando estamos em grupo. Um paga sozinho, para liberar o garçom. Ficamos na mesa separando as despesas e os outros transferem para o “pagador” na mesma hora.
    Quanto ao espiritual vejo da mesma forma. Eles são o “sistema”, cabe a nós aguardar a vinda de Jesus e estar atentos. Como tudo é mistério entre o céu e a Terra. Tentemos fazer o nosso melhor. Deus tem revelado muita coisa, quem tem ouvidos para ouvir: ouça. Beijos.

  • Oi Patrícia bom dia! Muito obrigada por esclarecer sobre o Pix, não estava tão por dentro deste assunto. Mas com sua explicação fiquei atualizada. É por isso que gosto do seu blog, porque é um blog que fala sobre tudo, eu amooooooo isso. Amo porque você sempre nos traz uma reflexão sobre tudo. Nem sempre deixo meu comentário aqui, mas sempre estou te acompanhado. Obrigada, você é uma benção, não deixe de fazer este trabalho, pois seus posts tem mudado muita coisa na minha vida e acredito que de outras pessoas também…Bjsss.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *