Dinheiro é uma palavra que muitas pessoas não gostam nem de pronunciar, mas de onde vem esse tabu, uma vez que todos precisamos dele para viver?

Dinheiro: por que o tema ainda é tabu?

Dinheiro é tabu. Você já percebeu como muitas pessoas – talvez você mesmo – evita pronunciar a palavra dinheiro?

Valor, quantia, montante, saldo, numerário, enfim…

Diversos termos são usados para evitar a pronúncia da palavra dinheiro, mas por quê?

Diversas religiões têm pregado ao longo da história que o dinheiro é a raiz de todos os males.

Algumas até creditam a frase a Bíblia, mas é um engano.

Há uma passagem bíblica que afirma algo que pode até ser parecido, mas que, no fundo, é totalmente diferente. Veja:

Porque o amor ao dinheiro é raiz de todos os males;

1 Timóteo 6:10

Esse é o problema real em relação ao dinheiro: tê-lo como senhor.

O dinheiro toma sempre uma de duas posições:

Ele é senhor ou servo.

E a questão é que ele é servo da minoria e senhor da maioria.

É preciso dominar o dinheiro em vez de achar que ter dinheiro é um pecado.

Para muitos, o lucro é visto com maus olhos.

Falar que está ganhando dinheiro é ser ganancioso.

E dizer que não tem dinheiro é vergonha.

Ou seja, quando o assunto é dinheiro qualquer que seja a sua posição, você está errado!

Erra se tem muito. Erra se tem pouco…

O que nós precisamos entender é que dinheiro é uma ferramenta e, como tal, devemos aprender a usá-lo da melhor maneira possível.

É como disse Sir Francis Bacon:

O dinheiro é um bom criado, mas um mau senhor.

Sabia que dinheiro é a maior preocupação do mundo moderno?

Saiba mais lendo este artigo que escrevi para a minha coluna no R7.

 

O que fazer?

Para não ser escravo do dinheiro, coloque em prática essas dicas simples:

  • Não trabalhe hoje para pagar o que comprou ontem.
  • Viva com menos do que ganha.
  • Invista parte dos seus ganhos para ter renda no futuro, quando não puder trabalhar.
  • Tenha uma renda extra.

Se você tiver apenas uma fonte de renda, o que vai fazer se essa fonte secar?

Talvez sua resposta seria: “eu ficaria endividado”.

Em outras palavras, você estaria em uma posição de correr atrás do prejuízo.

Isso é ter o dinheiro como seu senhor.

Ele manda, você trabalha!

Pense melhor todas as vezes que for comprar algo de que não precisa para parecer ser quem você não é e tentar impressionar pessoas que não acrescentam nada na sua vida.

Pense em você e seja senhor do seu DINHEIRO!

Nos vemos!

 

Jornalista especialista em finanças, autora do best-seller Bolsa Blindada, colunista do programa Mulheres, TV Gazeta e youtuber.

  • Sabe Paty, uns dias atrás eu caí na real de que estava tão ansiosa para ter coisas que nem iam ser usadas. Esse bombardeio de videos de blogueiras/ influenciadoras me influenciaram a querer ter dinheiro para fazer “coleção” de coisas sabe? E o pior é que eu nem tinha me dado conta. Querer ter coisas upq essas blogueiras tinham, e querer ter para não ” ficar para trás” e isso me fez muito mal, afetou até a minha saúde.
    Amei o post

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *