Desafio Detox 10 – Seja original e não cópia

Todo mundo diz que quer ser diferente, mas as pessoas agem tão iguais que parecem ter entrado em uma máquina de cópias baratas. Como não entrar nessa? 

original

É muito difícil criar algo original, mas é muito fácil fazer uma cópia. Por isso a maioria das pessoas prefere copiar o que todo mundo faz do que criar sua própria cultura. Quer dizer, é fácil agir igual a todo mundo, pois isso não requer muito raciocínio e nem gera críticas, afinal, se todo mundo faz, ninguém pode criticar ninguém (ainda que todo mundo esteja agindo errado).

Hoje no programa Mulheres, da TV Gazeta, estarei dando dicas para a compra de material escolar (o programa começa às 14h) e isso tem tudo a ver com o tema “ser original e não cópia”. Explico:

Quem tem filhos em idade escolar a esta hora está passando grandes apuros com a lista de material. Além de haver muitas escolas que querem levar vantagem sobre os pais (que novidade!), há o problema de os filhos quererem tudo o que é mais caro, afinal, “o amiguinho dele tem”!

mochiA mochila com personagem custa o dobro (às vezes, o triplo) de uma similar sem a imagem do “fulaninho” do desenho animado. A caixa de lápis de cor do ano passado, apesar de ainda ter os lápis em perfeito estado, “está velha” e seu filho quer uma nova, já que a mãe do amiguinho comprou uma que acabou de sair! E por aí vai…

O que a maioria pensa é que deve se esforçar e comprar tudo novo, com o personagem preferido do filho, exatamente como ele quer, pois isso fará com que ele “não fique para trás” e não sofra bullying por parte dos outros alunos. Isso, porém, não é o melhor para o seu filho, afinal, o que você está ensinando para ele é:

  • Dance conforme a música, assim ninguém vai perturbá-lo;
  • Vamos fazer o que todo mundo faz, embora não estejam certos, afinal, o que podemos fazer?;
  • Vamos gastar R$ 30 em uma caixa de lápis de cor, embora pudéssemos reaproveitar a do ano passado e não jogar esse dinheiro fora;
  • Vale muito mais o que você tem e mostra do que o que você é.

Triste, não? Mas você pode mudar esse quadro e criar sua própria cultura dentro da sua casa. Este é um ótimo momento para ensinar o seu filho que tudo isso não passa de ilusão, que um caderno do Pequeno Príncipe não tem porque custar 4 vezes mais do que um caderno com um desenho comum. O que vale é o que vai ser aprendido com aquele caderno e não a capa. Assim como o que vale mais no seu filho é o seu interior e não a marca da mochila que ele carrega nas costas.

nadar contra a correntezaVocê vai estar nadando contra a maré, sem dúvida, mas esse é o preço (caro) de ser original. Ser cópia é fácil, ser original é outra conversa. Cabe a nós escolhermos o que queremos ser (e o que queremos ensinar para as nossas crianças).

A questão do material escolar é só um detalhe, mas que faz toda diferença, pois se não abrirmos os olhos, estaremos passando conceitos muito errados para as crianças.

 

Provérbio do dia:

“Instrua a criança segundo os objetivos que você tem para ela, e mesmo com o passar dos anos não se desviará deles.” Provérbios 22:6

Veja como é importante aproveitar toda e qualquer oportunidade para passar os valores certos para as crianças, pois é isso que elas levarão para a vida adulta. Dá trabalho? Dá! Mas vai te livrar de muito mais dores de cabeça amanhã.

Desafio da atitude:

Analisar em que você está agindo igual a todo mundo e vem sendo prejudicada por isso. Pode ser algo que você faz e que tem levado inutilmente boa parte do seu salário, ou que a tem feito sentir-se mal, ou ainda algo que venha prejudicando sua saúde. Analise e tome uma atitude original!

Desafio da saúde:

dormirDormir bem é a chave para um dia produtivo e para uma melhora significativa na qualidade de vida, eu que o diga!

Desde sempre tive problemas com o sono e foi uma luta imensa para conseguir dormir bem. Meu problema não era insônia, mas sim, má qualidade de sono. Há muitos anos fiz um exame chamado polissonografia e, em apenas 5 horas de sono, acordei 39 vezes! Só que eu não percebia que acordava tanto, só sabia que não tinha dormido bem porque de manhã parecia que eu tinha sido atropelada por um caminhão!

Apesar de saber o que tinha de fazer, eu simplesmente não encaixava essas atitudes no meu dia a dia e, por isso, sofri muitos anos. Por cerca de 18 meses fiz tratamento com medicamento e funcionou, mas de volta aos velhos hábitos tudo descambou de novo. Por isso, o que fiz foi tomar as atitudes certas, ainda que não tenham sido fáceis.

Se você acorda cansada, tem uma memória ruim, mudanças bruscas de humor e se sente com sono ou cansada o dia todo, que tal analisar o seu sono e tomar providências para melhora-lo? Pesquise na internet sobre como obter uma melhor qualidade de sono e, se necessário, marque uma consulta com um clínico geral para averiguar mais a fundo. Vai valer muito a pena!

Lembrando dos nossos desafios anteriores:

Nos vemos!

Jornalista com atuação no Brasil, Inglaterra, Argentina e Israel. Autora do best seller Bolsa Blindada e palestrante na Universidade de Harvard.

Categoria: Desafio
  • Taysa diz:

    Aqui em casa desde criança tênis uma cultura própria ,no que diz respeito a gosto e atitudes ,em tudo desde do gosto musical até o de filmes.Eu falo do que eu gosto e esculto ninguém conhece ou quando conhece fala que eu sou louca de gostar e tenho gosto de pessoa velha .

  • Gabriela diz:

    Olá Pati!!!
    Obrigada pelas dicas práticas dadas até aqui! Está valendo muito a pena!!! Beijos 😀

  • Sónia diz:

    Paty, ha uns 8 meses atras comeci a investigar sobre vida saudavel, nutricao enfim, e comecei aos poucos a mudar os maus habitos pelos bons e isso influenciou a minha familia, meus pais, irma, afinal ao fins de semana eu e que faco o almoco e faco comida saudavel eles tem visto o valor disso, pois, melhorou nossa saude de modo geral. Nao oico mais queixas de doi aqui, doi ali e reduziu se bastante o uso de medicamentos quimicos, e obvio nao devemos deixar de ir ao medico, atencao.
    Mas, ao longo das minhas pesquisas o assunto de qualidade de sono e sempre ressaltado, recomenda se segundo nutricionistas dormir 8h por dia. Sabemos Paty que, com a correrria da vida e quase impossivel. Ja reparei que durmo apenas 5h por dia. Entao o que eu faco: compensacao ou seja, pelo menos 2 dias por semana durmo mais cedo de modo a fazer 8h de sono. Organizo a minha semana de modo que isso seja possivel, funciona pra mim. Tenho me sentido muito bem disposta e com bom humor. Bjs..!

  • jaqueline carvalho diz:

    Gostei da postagem falando do material escolar,pois é justamente o que estou preocupada,(assim como muitas,claro!).Penso igual a vc Paty,não é pq todo mundo faz que tenho que fazer,ano passado foi o primeiro ano da escola do meu filho e não entrei na inda das super mochilas não,porém confesso que senti um pouco de preconceito por partes das pessoas e até das funcionárias da escola,pq quando eu ia busca -lo a mochila sempre estava jogada de qualquer jeito enquanto as dos ou nem sabia onde estava e as dos coleguinhas estavam todas organizadas e enfileiradas.Com isso esse ano o pai não quer mais que o nosso filho use uma simples mochila,quer uma de personagem favorito da criança mais a lancheira e eu que queria reaproveitar a lancheira que ele só usou por 6 meses e comprar uma mochila boa e barato.Nesse caso como agir????

    • Patrícia Lages diz:

      Eu creio que valeria a pena ter uma conversa, pois ceder a um comportamento ruim das pessoas é concordar com ela… Mas de qqr forma, se ele fizer questão…

  • jaqueline carvalho diz:

    *onda
    *as dos coleguinhas

  • Luciana Dantas diz:

    Bom dia Patricia!
    Não tenho filhos mas trabalho com crianças, post muito bacana, com certeza vou transmitir aos pais dos meus alunos.
    A um tempo atrás assisti uma reportagem sobre como economizar com material escolar e a dica era: montar um grupo com os pais dos coleguinhas da sala de aula ou mesmas série (pois trata-se da mesma lista de materiais) e os pais fazerem cotações cada um em sua região, uma vez encontrado o local mais barato, pode-se fazer a compra em grande quantidade para todos os alunos e conseguir um desconto ainda maior.
    Outra dica legal é montar um grupo de compra e venda ou brechó, onde pode-se vender uniformes ou livros de anos anteriores. Vale muito a pena se organizar p isso. Todo mundo sai ganhando.

  • Fabi Moura diz:

    Paty, primeiramente, Feliz 2016 um pouquinho atrasado, rs. Essa é a primeira vez no ano que comento aqui nos posts /. Acredito que todas nós, leitoras, só temos a agradecer pelo compartilhamento de experiências que edificam tanto nossas vidas. Os posts estão cada vez mais abençoados e os desafios nos impulsionam à sacudir a poeira e melhorar em TODAS as áreas de nossas vidas. Muito obrigada por toda essa dedicação e carinho :-*

  • Ana Augusta diz:

    Muito importante e sério, Paty!!!

    Engraçado que eu tive a experiência em casa do meu irmão ter tudo e quando chegou a minha vez, o padrão financeiro mudou e eu tive que aprender a ser original, e a entender o real valor das coisas.

    Mas o que mais me chamou a atenção no seu post foi o desafio sobre saúde. Muitas vezes a gente quer ser super produtiva e acha que dormir é perda de tempo, preguiça, pecado…

    Tenho estado exausta ultimamente e adquiri um hábito que vem se arrastando há anos, de “rebater” o cansaço com café. Agora tenho reduzido drasticamente, mas cheguei a ter sintomas horríveis de pressão alta por tanta cafeína. Sem falar no mau humor, falta de paciência e ansiedade.

    Preciso muito fazer os exames que meu cardiologista pediu e entrar na disciplina super rígida de saúde. Como vc comentou, sem saúde não conseguimos fazer nada…

    Obrigada por tudo!!!!! =D

  • Erika Sousa diz:

    Que texto maravilhoso ! Como todos que vc escreve Paty! Acho que esse texto imprime tudo aquilo que a população mundial vive falta de personalidade todos assistem o mesmo filme , mesmo livro . Fato é um livro ridículo levar milhões de pessoas ao cinema 50 tons de chinelada !
    Bom hoje é o que eu mais vejo é isso é sempre me pergunto porque estou comprando algo , porque faço algo .
    Temos que pensar sempre o porquê de tomarmos certas atitudes .
    Muitos reclamam que não tem dinheiro talvez essa seja a razão o consumismo desenfreado .
    Falta de personalidade total
    Beijos Paty

Seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatório são marcados *

*


Carreira Profissional

Cartão de Crédito

Investimentos

Pagamento de Dívidas

Faça uma busca no site:

Acompanhe também a Bolsa
Blindada nas redes sociais:


Receba todas nossas novidades!

Livros Bolsa Blindada:

Desenvolvido por: