A educação financeira é crucial para que você recupere o tempo perdido, afinal é preciso usar bem o seu dinheiro, para que você esteja à frente. Confira o post de hoje!

Recupere o tempo perdido

Para ilustrar melhor o tema de hoje, convido você a ler o comentário da leitora Ilatier Cruz.

Embora o comentário original seja maior, estamos usando apenas alguns trechos.

 

Depois que comecei a estudar sobre educação financeira, chorei de raiva, pois gastei mais 10 anos da minha vida com coisas que não me deram liberdade.

Viver só para pagar dívidas e não conseguir poupar nenhum centavo é uma das piores coisas do mundo…

Quando as dívidas tomam conta da sua paz de espírito é sufocante, é devastador.

É assim que vivo hoje, depois de ter tomado decisões erradas na minha vida e de não ter tido conhecimento sobre educação financeira no meu lar e na escola.

Agora consigo ver com clareza as burradas que cometi…

Mas graças a Deus depois que se começa a aplicar todas as dicas e ensinamentos a sua vida dá um salto muito melhor.

Primeiramente, acredito que muitas de vocês se identificam com o relato da Ilatier.

Eu mesma já me senti assim ao ver quanto dinheiro já gastei à toa, mas para tudo na vida há solução!

Aliás, acho que faz parte do aprendizado esse arrependimento das coisas erradas.

Afinal de contas, quem não percebe seus erros jamais vai trabalhar para consertá-los, não é mesmo?

Embora a gente fique mesmo com muita raiva das nossas ações, temos que guardar as emoções.

Então, o que precisamos fazer é focar em como recuperar o tempo perdido e não errar mais.

E por que me refiro à questão de tempo?

Porque se você tivesse feito menos bobagens com seu dinheiro, não teria que trabalhar hoje para pagar o que já gastou ontem!

É triste quando vemos que os próximos meses só servirão para pagar o que não tivemos paciência de esperar!

Certamente você já sentiu isso em maior ou menor escala.

Sendo assim, devemos mudar essa dinâmica o quanto antes.

Agora que você já está há várias semanas sem comprar, salvo coisas necessárias, já viu que é possível dizer não.

Então, o que você deve levar para a vida é a prudência de só comprar com o dinheiro que já tem.

Primeiramente você junta o valor, depois você compra o que quiser.

Se você aplica isso na sua vida, vai ter algo que não tem preço:

LIBERDADE!

Você não vai depender de banco ou de que alguém te dê crédito.

E isso é libertador!

 

VEJA OS DESAFIOS ANTERIORES!

DIA 01 – Desafio 30 dias sem compras – Começa aqui!

Dia 02 – Vença os obstáculos invisíveis

Dia 03 – Vença as lutas visíveis

Dia 04 – Vença as vergonhas financeiras

Dia 05 – Não é uma resposta completa

Dia 06 – Defina um objetivo e as lutas virão!

Dia 07 – Critérios para compras durante o Desafio

Dia 08 – A onda do empoderamento desempoderado

Dia 09 – Cuidado com as compras via internet

Dia 10 – Você foi programada para ser pobre

Dia 11 – Não te entendo, te ofendo

Dia 12 – Autoconhecimento é a palavra-chave para o sucesso

Dia 13 – Ilusão, fantasia e perda de dinheiro

Dia 14 – Viver sem crédito

Dia 15 – Fundo do poço para despertar

Dia 16 – Na seleção natural só ficam os fortes

Dia 17 – Projeção financeira, como fazer a sua

Dia 18 – Assuma suas responsabilidades

Dia 19 – Perseverar para vencer

Dia 20 – A melhor forma de aprender

Dia 21 – Não cresço e não deixo você crescer

Dia 22 – o problema não é o salário mau uso

Dia 23 – Muito mais do que ficar sem comprar

Dia 24 – Dias de decisões

Dia 25 – Condições para ter sucesso

 

VÁ PARA O PRÓXIMO DESAFIO!

Dia 27 – Cuidado com o que ouve

Assinar blog por e-mail

Digite seu endereço de e-mail para assinar este blog e receber notificações de novas publicações por e-mail.

 

Nos vemos amanhã!

 

Jornalista, especialista em finanças, autora de 5 best-selleres, colaboradora dos programas Mulheres (TV Gazeta) e Escola do Amor (Record TV). Colunista do portal R7 e youtuber.

  • Boa tarde, Patrícia!!
    Verdade me identifico muito com esse post de hoje.

  • Patrícia, todo mundo tem um dom e um chamado, uma missão na vida, eu creio nisso, e com certeza o seu é o de tocar as pessoas através da inteligência financeira, parece que cada vez que leio suas postagens e reflexões minha mente se expande para um entendimento que eu não possuía, e me sinto como se tivesse adquirido o poder de controlar algo que eu eu não tinha (e que deveria ter!) Obrigada!

  • Realmente dá muita raiva quando você olha para trás. Mas não adianta chorar o leite derramado. Agora é se levantar, limpar a poeira, pegar a lição e seguir em frente fazendo diferente 🦅.

  • posso começar hoje ,estou passando por situação a tempo e não consigo sair dela.
    É tudo que preciso no momento é dessa libertade

  • ok .vou começar hoje não da pra fica administrando contas para que elas não firam dívidas.

  • Esse post foi um resumão do desafio! “… o que você deve levar para a vida é a prudência de só comprar com o dinheiro que já tem.

    Primeiramente você junta o valor, depois você compra o que quiser.” Fechou! Bjs

  • Esses próximos 3 meses para mim está e será angustiante, pois tenho que trabalhar para colocar as contas em dia. Aconteceram alguns imprevisto que eu não estava preparada. Mas sempre gastei o que ganhei durante 22 anos, mas nunca é tarde para mudar os péssimos hábitos. Esse post foi feito pra mim, a prova que estou no caminho certo. Obrigada por todo o aprendizado.

  • Essa é a fase que estou vivendo…a de recuperar o tempo perdido e não cometer os mesmos erros financeiros de antes.
    Estou firme no desafio e decidi ler novamente todos os seus livros, pois tenho todos e estou aguardando o próximo!

  • Muito bom texto…é isso mesmo que ando fazendo e ensinando quem me pede ajuda…. até uma pessoa que pediu dinheiro emprestado…passei foi um curso de educação financeira para ela e claro o blog da Patrícia…

  • Uau… A postagem de hoje serviu muito pra mim! E como levar um acorda, um sacode! Dói pensar que não sei como tenho gasto meu dinheiro por TD o tempo que trabalho. Mas me dá um alívio, saber que sempre e tempo para mudar! Obrigada!!

  • Esse é o meu retrato hoje,se tivesse começado a guardar desde que me efetivei como funcionária pública à 11 anos atrás,hoje teria deixado esse emprego ,E estaria fazendo o que realmente gostaria ,que é abrir uma loja para crianças .😘 😥😉

  • Oi Patricia,

    estou trabalhando para chegar là! Errei de novo o mês passado, porque sabia que ia receber muito mais dinheiro então sai comprando (ainda que compras basicas) mas não respeitando os hábitos que já tenho que me permitem até com muito menos dinheiro terminar o mês sem estar no vermelho e conseguindo poupar… Resultado, o dinheiro Pfff sumiu!!!
    Quer dizer que ainda tenho muito que aprendrer e ficar vigilante.
    Beijos

  • Ainda há tempo para as mudanças… seguindo em frente.

  • O importante é ir sempre aprendendo e aplicando na vida as lições que temos com as experiências.

  • Liberdade, exatamente isso que busco, esse período de mudanças e de ajustes no modo de pensar e agir com o dinheiro tem sido tão importantes, por isso escolho pensar que quando essa fase de colocar as coisas em ordem passar vou poder desfrutar dessa liberdade de não dever ninguém, de não depender de crédito algum e construir um novo tempo e isso é o que me motiva mais, por mais difícil que as vezes pareça agora vejo que posso alcançar, então vamos em frente porque o resultado vai valer muito a pena!

  • Comprar e pagar a vista é realmente muito libertador. Comentei num post anterior sobre os ovos de Pascoa que comprei em promoção, fui ao mercado com 100,00. Comprei os ovos e mais alguns itens e ainda voltei com troco. Tenho me policiado muito para nao fazer compras com cartão de credito e tenho conseguido. Quero colocar isso na minha vida. Gastar somente o que tenho, mas não todo o salario, somente o necessario!!! Nós vamos conseguir!!! Obrigada Patricia, vc tem nos ajudado muito nisso!!!

  • Excelente texto! Realmente, é triste receber e destinar todo o seu salário para pagar dívidas. É sufocante lembrar de todas as loucuras financeiras que fiz e hoje, viver o presente, somente para pagar tais contas. Trabalhar pesado para quitar dívidas contraídas para comprar coisas supérfluas. Dói na alma! Não dá para apagar o passado, mas sim aprender com ele e seguir em frente!

  • Boa tarde ! sabe do que tenho mais raiva, eu sempre tive um sonho de viajar e fazer um intercambio ,comecei a trabalhar com 18 anos em 2008 ,gastei muito dinheiro com coisas que não eram pão , com 19 anos já estava como o nome sujo ,desempregada por falta de sabedoria ,entrei em uma empresa de telemarketing, ganhava uma miséria que não dava pra nada ,conheci o seu trabalho através do blog da Cristiane Cardoso ,mesmo indo no congresso empresário minha vida não andava eu era muito ignorante e ansiosa . A sua forma de falar me despertou por completo ,através das suas dicas ,consegui tirar habilitação ,um emprego melhor ,promoções no trabalho ,comprei carro para poder trabalhar ,estou fazendo faculdade, estou recuperando todo tempo perdido ,e a respeito da viagem internacional ,já esta a caminho kkkk, hoje estou mais madura ,mais responsável mais ponderada ,mais controlada. Estou com uma meta de não comprar nada no cartão de crédito até o final do ano ,não podemos nos conformar com atitudes antigas ,que tentam voltar todos os dias para atrapalhar ,uma coisa que eu sempre faço dividir o meu salário pela quantidade de dias ,e depois pela quantidades de horas ,fazendo isso ,já cancelei varias compras pois ,vi que meu esforço no trabalho não tinha preço . kkkkk

  • Olá.. Tenho 26 anos e faço doutorado, solteira e sem filhos, poderia ter economizado bem mais ao longo do mestrado, mas nunca é tarde para começar e reavaliar o que realmente importa. Namoro há um ano e começamos a fazer uma renda extra com trufas (1000,00 por mês) graças a um vídeo seu que vi no início do ano. Nosso plano é juntar R$10000,00 por ano nos próximos 5 anos e depois que terminarmos nossas respectivas formações acadêmicas, casar. Estamos muito animados e estudando bastante. Hoje eu tenho a minha bolsa de doutorado ( a qual invisto metade) e ele tem um emprego durante a noite ( que também economiza cerca de 80% já que mora com os pais). Falo isso porque tem alguns pontos importantes já citados por você durante seus vídeos no canal e aqui no desafio:

    – é importante ter metas;
    – ter consciência dos gastos;
    – viver um degrau abaixo hoje, para realização de sonhos amanhã;
    – ter pessoas ao teu lado que te apoiem e queiram o mesmo que você, conquistar juntos.
    – se você está só, conquiste por você, mas evolua SEMPRE.
    – para as leitoras queridas, faço um apelo: seja minimalista, menos coisas inúteis, menos sentimentos ruins e pesados, menos pessoas que não te acrescentam, faça uma limpeza em redes sociais, vida social, armários e guarda roupas.. Limpe também sua mente <3 A vida pode ser mais leve! Faça da sua vida algo que vale a pena ser vivido e não um acúmulo de desespero e decepções.

    obrigada por todo apoio e ajuda.
    obrigada pelas dicas e conhecimento.

    grande abraço,

    Kaline

  • Boa noite, Paty… como sempre amando estar fazendo parte desse desafio!É muito legal!!
    Parar uns minutos para ler o que as amigas desse desafio estão registrando, torna a reflexao ainda melhor! É bom saber que somos pessoas fortes e determinadas, pois apesar dos nossos erros passados, o tempo presente esta nos dando a oportunidade de mudar o nosso futuro!
    Sei as metas que quero alcançar e realmente preciso MUITO DESSA LIBERDADE FINANCEIRA pra minha vida! Estou muito focada nessa meta.
    Amo ver seus vídeos sejam sobre finanças , moda, cozinha enfim, tudo o que vc faz é simplesmente maravilhoso e acrescenta mais aprendizado a cada dia!
    Obrigada por seu carinho de compartilhar conosco tantos conhecimentos e também nos permitir estar aqui, nesse espaço colocando nossas reflexões e dando assim o feedback desse desafio pra vc, beijos.

  • Obrigada Patrícia!! Mais um excelente desafio: recuperar o tempo perdido… Nunca é tarde!! 😘😘

  • Olá Paty, é facto, libertador quando já temos o espírito de responsabilidade e consciência no uso do nosso dinheiro.

    Sabe Paty, eu não sabia o que é um cartão de crédito, ouvia falar mas sem noção nenhuma, apenas tinha uma conta corrente no banco. Aí, vendo os seus vídeos e dicas falando sobre isso fiquei primeiro com medo pensei: “Meu Deus esse cartão de crédito dá cabo assim do bolso das pessoas? Ele é mesmo mau”. Depois compreendi que o problema não era o cartão mas, o mau uso dele afinal, o cartão de crédito não saí por aí sozinho comprando o que quer ao seu belo prazer alguém usa.
    Daí fiquei curiosa, já aprendendo com a Paty como usar fui ao banco me informar como adquiri, as condições de uso enfim, toda aquela burocracia de documentos. Tive o cuidado de fazer as perguntas certas para que não cair em armadilhas de dívidas como uma bola de neve. A atendente do banco percebeu que eu estava bem informada e sabia o que queria.
    Assim, atrevo-me a dizer sinta-se feliz por mim Paty, uso o cartão de crédito de forma consciente, compro realmente aquilo que preciso, que projectei, que defini pois, para quem não sabia o que era isso, já aprendi consigo a forma correcta de usar e isso, já esta em mim.

    • Fico sempre muito feliz com os seus comentários, pois vejo o quanto vc vem evoluindo semana após semana. Imagino a cara da atendente ao ver que uma cliente estudou bem antes de ir até o banco! Parabéns 🎊🎈

  • Gastei muito a toa, comecei trabalhar na adolescência e n tenho nada. Faltou-me esses ensinamentos

  • Bom dia!
    É verdade, quando estamos endividados ficamos totalmente sem paz.
    Quanta dívida que fiz e hoje estou na luta para quitar todas e sair do “atoleiro”. Já fiquei noites inteiras sem dormir com tanta preocupação.
    Estou resistindo e pouco a puco estou vendo resultado. Tenho certeza que vou conseguir.
    Não estou decidida só em em quitar as dívidas, mas sim estou aprendendo a lidar com o dinheiro, a ter domínio.
    Muito obrigada, pelos ensinamentos.

  • Amando o desafio! Uma dica que dou e que fiz, foi arrumar minha sapateira, limpar, organizar, lavar todos os sapatos. Depois disso não tenho a mínima vontade de comprar sapatos, nem os de “promoção”. Cada um ficou no lugar certo, e comecei a usar alguns que não usava a tempos. E o melhor isso serve para roupas, acessórios e para a vida. Beijo Patrícia 😘

  • É frustrante saber que todo seu salário vai para pagar contas. Vale muito a pena esperar para adquirir algo com o dinheiro que se tem, sem precisar parcelar.
    Contas parcelada, dívidas atrasadas realmente tiram a paz.

  • Essa bateu fundo… nem li os comentários antes…
    Trabalho há seis anos no meu emprego atual, há um ano e meio cuido da minha mãe acamada e os gastos são exorbitantes. Aí me pergunto… o que eu fazia com meu dinheiro antes? Não conquistei nada em 4 anos e meio…

  • Saudações 🙂
    Fico muito feliz de ver meu comentário sendo exposto pela Patrícia Lages como forma de ensino para as pessoas, fiquei lisonjeada e emocionada. Muito obrigada Patrícia 🙂
    Todas as postagens feitas pela Patrícia neste desafio e os comentários deixados pelas demais leitoras reforçam a importância que o conhecimento pode gerar na vida das pessoas. A todo momento podemos aprender, deixar de lado tudo aquilo que nos impede de crescer e prosperar, não digo só em relação a finanças, mas em relação a mente, corpo e espírito. Nunca é tarde para recomeçar, estamos juntas com a Patrícia neste aprendizado diário e nos redescobrindo a cada postagem. Parabéns a todos!

    • Muito obrigada por todos os comentários e pela participação no Desafio! Bjs

  • Pior é cometer algum erro e saber que poderia ter sido evitado.
    E ai vem na mente todos os ensinamentos da Patty rsrs, mais vamos em frente, o importante é não desistir.

  • GRACIAS POR ESTE DESAFIO ,LO VOY A HACER APROVECHANDO ESTOS DIAS DEL AYUNO DE DANIEL,MI SIRVE MUCHO TUS PUBLICACIONES PATRICIA.MUCHISIMAS GRACIAS.BESITOS.
    MARIA LAURA PUERTO MADRYN (ARGENTINA)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *