Quanto custa ter um pet?

Você tem um pet, mas está gastando demais com ele? Veja nossas dicas para economizar sem deixar os cuidados de lado. Ou você está pensando em ter um, mas não quer estourar o orçamento? Também tem dicas para você, confira!

Crop

Ter um pet em casa é certeza de viver momentos de carinho, diversão e muita alegria. Por outro lado, nem todo mundo está apto a atender todas as necessidades de seus animais, principalmente na questão financeira.

kitten-3

Um animal de estimação não deve ser visto como algo para satisfação pessoal dos “donos”, mas sim, como um ser que precisa de cuidados e que depende dos humanos que o levaram para casa. Eles precisam de boa ração, água fresca, banho – às vezes tosa – idas periódicas ao veterinário, repelentes para pulgas e carrapatos, um lugar limpinho para dormir e, cedo ou tarde, remédios e cuidados especiais.

Por isso, começaremos com 6 dicas para economizar nas despesas com seu pet, seja cão ou gato e, mais abaixo, 3 dicas para quem está pensando em ter um pet. Anote aí!

6 DICAS PARA ECONOMIZAR COM OS PETS

banho

1) Dê banho em casa – sempre que possível, prefira dar banho em casa e só mande para o petshop quando for tosar. Procure shampoos e produtos próprios para cães e gatos e não use produtos para humanos, OK?

 

 

liteira-para-gatos-300x2252) Busque alternativas para os utensílios – recipientes próprios para cães e gatos são geralmente mais caros, por isso, busque alternativas no supermercado ou até em casas de material de construção (no caso das caixas de areia para gatos). Veja também em lojas de decoração, almofadas que serviriam de cama para o seu cachorro, pois elas podem ser bem mais baratas do que uma cama própria comprada em um pet shop.

 

comedero-automatico-perros-gatos-portion-right-small

3) Invista em um dosador automático de ração – os custos com ração estão no topo da lista dos gastos com animais de estimação, por isso, desperdiça-la só faz essa conta subir mais. E tem mais: todo animal prefere ração fresca, por isso, quando o alimento já não está mais crocante, eles tendem a deixar de lado. Portanto, se você não fica em casa para servir seu pet várias vezes ao dia, é melhor investir em um dosador automático de ração, assim ele terá comida fresca sempre e você não desperdiça nada.

 

url

4) Não insista em comprar coisas que seu pet não gosta – gatos adoram caixas de papelão, bolas de papel amassado e fitinhas. Cães adoram a companhia dos donos, caminhar e correr. e o melhor de tudo: nada disso custa dinheiro! São poucos os animais que se sentem confortáveis com enfeites, roupinhas ou que brincam com brinquedos caros. Muitas vezes são os donos que insistem em comprar coisinhas fofas para seu pet e acaba sendo nada mais do que jogar dinheiro fora. Contenha-se!

 

cat-transport-box-102598655) Invista em uma caixa de transporte – mesmo que você não viaje com frequência é aconselhável ter uma boa caixa de transporte, pois periodicamente você terá de levá-lo ao veterinário.

Além disso, pode ser que você tenha que levá- lo a algum outro lugar e a caixa é segura tanto para o pet quanto para você, uma vez que cães e gatos soltos dentro do carro podem se machucar e também causar acidentes. Tome cuidado e busque uma durável e confortável, mas sem os luxos que os petshops incluem para subir os preços!

 

12346) Cofrinho do pet – Em vez de gastar com petiscos que nem sempre são saudáveis, brinquedinhos diversos, roupas e acessórios (que muitas vezes são deixados de lado), economize o dinheiro e guarde em um cofrinho para emergências. Quando atingir 50 ou 100 reais, faça uma poupança para ele e use o dinheiro quando necessário. Lembre-se: se você economizar 50 reais por mês, no final de um ano terá mais de 600 reais (contando com a correção da poupança) e esse valor pode ajudar nas vacinas ou em algum remédio.

Quero destacar uma frase muito legal que li do dono de um cachorro. Ele deu uma entrevista dizendo que dá banho em casa e não compra bobagens, mas guarda o dinheiro e doa ração para abrigos de cães. A frase de que fechou a entrevista com chave de ouro foi: “A economia de um pode ser o alimento de cinco!” Legal, né? 😀

Agora dicas para quem está pensando em ter um pet. Anote!  

O QUE CONSIDERAR ANTES DE TER UM PET:

Segundo a Anfal Pet (Associação Nacional de Fabricantes de Alimentos para Animais de Estimação), o custo médio mensal de um cachorro é de 300 reais (considerando banho, tosa, ração, repelente para pulgas e carrapatos, mas não considerando gastos com veterinário e remédios). Enquanto o custo médio mensal de um gato é de 100 reais (considerando ração, repelente para pulgas e areia higiênica, mas não considerando gastos com veterinário e remédios).

Veja 3 coisas que você deve levar em conta:

gato-saia-de-casa-1

1) Adaptação da casa e da família – o seu condomínio permite ter animais? Você terá de colocar grades ou redes de proteção? Já sabe quanto isso vai custar? Todo mundo está de acordo em ter um novo animal na casa ou só você quer e vai causar mal estar na família? Nem sempre a máxima “depois eles vão adorar” funciona… E quanto ao tamanho da sua casa, será que comporta o tamanho do cachorro adulto? Sua casa está preparada para um gato ou é cheia de bibelôs quebráveis de alto a baixo? Pense bem para não ter problemas e se ver obrigado a arranjar outro lugar para o pet.

passear-com-o-cachorro2) Divisão de tarefas e das despesas – quem ficará encarregado da alimentação, higiene, passeios etc.? Todos irão se revezar para colaborar? Se o animal precisar de cuidados especiais haverá quem cuide dele, leve às consultas e exames? É importante prever esse tipo de coisa e não contar apenas com a sorte. Se você estiver pensando em ter um cachorro, lembre-se que ele precisará passear quase diariamente, então esteja preparada para fazer isso ou ter alguém com quem possa revezar.

17546858_1381481788586816_3371701991481827252_o3) Pesquisar as necessidades de cada raça – há cachorros que têm facilidade em pegar carrapatos, então será necessário gastar com repelentes especiais. Outros precisam periodicamente fazer limpeza de tártaro, como a Suzi, a poodle(que detesta foto) da minha prima. A limpeza de tártaro dos dentinhos dela custou 330 reais e, por ela ser idosinha, precisa de ração especial e já custa normalmente mais de 300 reais por mês. Algumas raças também requerem cuidados com os pelos e tosas higiênicas mais frequentes. Tudo isso deve estar na ponta do lápis antes de escolher a raça que você deseja ter.

Dica final: em um país onde temos milhões de animais abandonados todos os anos é sempre uma boa pensar em adotar em vez de comprar. Cães e gatos não são troféus, mas sim, seres especiais que precisam de carinho e sabem retribuir como ninguém. Escolher a “raça da moda” apenas porque “todo mundo tem” não é a melhor forma, concorda?

adult-club

Os catioríneos e gatíneos SRD (sem raça definida) agradecem! 😀

PARA MAIS DICAS!

Sugiro para quem tem gato acompanhar os vídeos super divertidos e informativos da “Isa Gateira” no YouTube. Destaquei esse abaixo com 5 mitos sobre gatos!

E para quem tem cachorro, conheça o canal “Tudo sobre cachorros”, que é muito bacana e tem muita informação importante. Destaquei o vídeo abaixo que explica o que é o canal e o que você vai encontrar nele!

E se você ainda não fez seu cadastro para receber nossas novidades, aproveita agora!

Cadastre o seu e-mail agora!
Cadastre o seu e-mail abaixo e receba todas as nossas novidades!

Nos vemos!

Jornalista com atuação no Brasil, Inglaterra, Argentina e Israel. Autora do best seller Bolsa Blindada e palestrante na Universidade de Harvard.

Categoria: Animais
  • Bruna diz:

    Eu amo bichinhos! Tenho 1 cachorro e 4 gatos! Eles são como filhos pra mim. É maravilhoso chegar em casa e receber tanto carinho.
    Mas pra quem tem tanto bichinho precisa ter um super cuidado, e e meu marido só temos tantos porque trabalhamos em casa, então eles estão sempre conosco.
    Claro que cachorro da mais trabalho do que gato, mas sempre vejo quem diga que gato não da trabalho, que é mais independente, mas também depende muito do gato, não sei se os meus são muito mimados, mas eles ficam numa choradeira quando a gente sai, e ficam louquinhos quando a gente volta. O bom é que eles têm a companhia um do outro!

  • Ana Carla Saud diz:

    Muito BOM!!! Não basta afirmar que gosta de animais. Tem de ter estrutura para criá-lo. Gostei da ideia da “poupança-pet” e especialmente a ideia de não adquirir bobagens para os pets, que, com o tempo, viram lixo e só poluem o meio ambiente. Sobre a caminha, se alguém é habilidosa com costura, pode utilizar enchimento de travesseiros e forrar com material impermeável. Dá para fazer caminhas bem boladas e higiênicas gastando pouco…

Seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatório são marcados *

*


Carreira Profissional

Cartão de Crédito

Investimentos

Pagamento de Dívidas

Faça uma busca no site:

Acompanhe também a Bolsa
Blindada nas redes sociais:


Receba todas nossas novidades!

Livros Bolsa Blindada:

Desenvolvido por: