Passei da conta, e agora?

Sabe aqueles meses que chegam mais contas do que dinheiro para pagá-las e a gente não sabe o que fazer? Pois bem, este post é pra você. Respire fundo e saia dessa!

Stack-of-billsEm primeiro lugar: não se desespere. Pra tudo nessa vida tem jeito, basta ter um plano bem traçado e estar disposta a colocá-lo em prática.

Segundo: esta lição não é só para os momentos de aperto, mas sim para sempre. Afinal, quem garante que você não vai se apertar de novo no futuro? Claro que a gente não quer isso, mas imprevistos acontecem… Então nada de chororô! Bora bolar seu plano “devo-não-nego-e-vou-pagar-tudim-tudim”!

Considerando que você não está em condições de pagar todas as contas, o primeiro passo é escolher quais contas irá pagar. Para isso, divida-as em 3 categorias:

  1. Quais pagará agora
  2. Quais poderá pagar no mês que vem
  3. Quais terá que negociar mais prazo

Para poder separar essas categorias é importante saber como classificá-las para não ficar sem nenhum serviço ou item básico (como água, luz, alimentação, transporte), mas também para tentar pagar o mínimo possível de juros. Para isso, temos uma listinha de dicas:

 

Pague as contas de juros mais altos primeiro

Se possível, não deixe de pagar a fatura integral do seu cartão de crédito, pois ele tem um dos juros mais caros do mercado, muitas vezes passando dos 12% ao mês.  Entrar no rotativo costuma ser uma furada, pois é dificílimo acompanhar o juro sobre juros que essa conta recebe todo mês. Imagine que sua fatura seja de R$ 300,00. Se você pagar apenas o mínimo – R$ 30,00 – e ficar devendo R$ 270,00 a 12% de juros, no mês seguinte você estará com uma dívida de R$ 302,40. Seus 30 reais foram pra cucuia e você ainda tem um débito maior que antes. Então, ainda que você tenha que deixar de pagar outras coisas e pessoas, o ideal é quitar as contas mais caras, assim você não entra nessa bola de neve e vai conseguir sair do vermelho mais rápido. Bom pra você e pra quem você deve também.

Separe o mínimo para se mantercalculator

Seja realista e faça as contas de quanto precisará para se manter minimamente, ou seja, para ter comida, transporte e alguma outra coisa de ordem básica. Invista todo o resto na quitação das contas e nem pensar em comprar mais nada! Corte todo o supérfluo e mimos ainda que doa um pouco (ou ainda que doa muito!). Melhor ficar 3 meses sem ir ao cinema do que depois assistir um filme de terror da vida real…

Faça uma renda extra

Se você tem condição de fazer algum trabalho extra ou vender algo para fazer dinheiro, maravilha! Eu já paguei os gastos malucos que fiz numa viagem ao exterior vendendo perfumes e foi muito bacana. No livro conto essa história em detalhes, em breve você vai poder ler!

Amanhã volto com mais dicas e explico o que fazer com as contas que ficarão para o mês que vem (nosso item 2 da listinha). Se tiver alguma dúvida ou quiser deixar sua pergunta, fique a vontade para comentar abaixo.

Nos vemos!

Jornalista com atuação no Brasil, Inglaterra, Argentina e Israel. Autora do best seller Bolsa Blindada e palestrante na Universidade de Harvard.

  • Lidiane Mello diz:

    É já passei por isso e poso dizer que realmente pagar o minimo do cartão é a maior furada, já vivi as duas situações e sei bem a diferença entre elas. Mais sei que tudo é possível assim como já contei aqui, porém creio que o mais difícil assim como uma dieta é manter esse saldo no azul, essa realmente é uma batalha diária, e que envolve muito mais do que só o dinheiro, envolve o emocional pois perdi as contas de quantas vezes chorei por não poder comprar algo tão simples ou sair para almoçar em um restaurante por que estava me curando de um câncer ( dividas). Isso realmente é muito difícil só com um proposito mesmo e com Deus para se conseguir. Beijos a todos…

    • Patrícia Lages diz:

      Sim, sair e se manter fora do vermelho é um exercício diário e para toda vida! Bjs

  • Gisele diz:

    Vou pagar tudim, tudim. Rs rs, gostei dessa!

    • Patrícia Lages diz:

      Foi em homenagem a uma amiguinha minha do Ceará!! : )

  • Talita Reis - RJ diz:

    adorei esse post.
    antes de casar passava e muito da conta graças a Deus hoje tenho mais controle devido as responsabilidades. Como você disse Paty, melhor ficar agora do que viver um filme d e terror da vida real kkkkkkkkkkkkk
    um beijo

    • Patrícia Lages diz:

      Ainda bem que vc aprendeu, Talita, pois a maioria piora quando casa, por ter a ilusão de que agora possui mais renda. Parabéns! : )

  • Pollyane Santos diz:

    Nossa! Tenho acompanhado todos os posts do bolsa blindada, já consegui colocar tudo no papel, inclusive as moedas que gastamos no dia-a-dia e já comecei a cortar gastos. Estou amanado as dicas e me colocando na linha, já que gasto muito e sempre fico no vermelho rsrs’. Muito obrigada!

    • Patrícia Lages diz:

      Parabéns, Pollyane! Ficamos felizes por vc já estar vendo resultados!! Bjs

  • adriane reis diz:

    ameiiiiiiiiiiiiiiiiiiii as dicassss

  • ROSANGELA Justino Ribeiro diz:

    Amei as dicas vou coloca-las em pratica…Muito obrigada pelas dicas querida amiga,e que DEUS te abençoe e muito!!!!Bjinhos

    • Patrícia Lages diz:

      Contem com a gente! : )

  • Talita Alves diz:

    Sempre gostei de pagar o total da fatura, por isso o ideal é so gastar no cartão o que realmente podemos pagar no final do mes! pagar juros é a pior coisa que existe! E meu marido agradece! rsrsrs

    • Patrícia Lages diz:

      Verdade, Talita. O cartão não é um agente financeiro que empresta dinheiro, ele é apenas um gestor de gastos. Tenho um capítulo inteiro no livro só sobre isso. em breve estará nas livrarias, não vejo a hora!! : )

  • Patricia diz:

    Minha vida tà no vermelho, tenho que aprender a viver com que ganho, preciso muito ler esse livro jà esta a venda? Ainda mais agora !

    • Patrícia Lages diz:

      Oi, Patricia. Sairá em agosto!!!

  • Jaci Alves diz:

    Aprendi essa lição a duras penas… melhor negociar do que pagar mínimo de pagar mínimo de cartão…se deixar,vai empurrando com a barriga todo mês…
    No final as contas dobram,triplicam…e a gente se perde no meio da bola de neve…a gente nem sente que gastou até chegar a fatura!
    bom mesmo é usar o” dinheiro de plástico” só para emergências.Amei o post e já compartilhei.Bjssss

    • Patrícia Lages diz:

      Obrigada pelo comentário e por compartilhar! Bjs

  • PATRÍCIA DINIZ diz:

    E quando a pessoa esta desempregada e endividada, por onde comecar (desculpe a falta de pontuac’ao, meu teclado esta desconfigurado)

    • Patrícia Lages diz:

      Oi, Pat. Em primeiro lugar vc precisa conseguir alguma renda. Ainda que seja vendendo alguma coisa que vc tenha ou que vc produza. Não é preciso esperar um emprego, vá a luta! Conheço pessoas que começaram uma atividade extra para pagar dívidas e acabaram achando um talento pra toda vida. Pense no que vc pode fazer: prestar algum serviço, digitar trabalhos, vender, cozinhar, ficar de babá… sei lá! Qualquer coisa que vc saiba fazer e que possa virar receita. Vá em frente e faça um capital pra sair do vermelho e, quem sabe, começar um negócio! Bjs

  • Gis diz:

    Eu quero aprender tudo! O ganho extra aparentemente parece até pequeno,mas com esse objetivo de mudar o rumo das contas,é o que preciso.
    Bjnhos,aguardando mais dicas.

    • Patrícia Lages diz:

      O que temos que pensar é: um ganho pode ser MULTIPLICADO e um gasto é sempre uma SUBTRAÇÃO, então só o fato de não gastar já é positivo. Daí pra frente, o que vier é lucro! : )

  • Bernadete diz:

    Amei suas dicas, E Já estou fazendo a renda extra!

    • Patrícia Lages diz:

      Opa! Conta mais, Bernadete!! : )

  • jussi diz:

    nossa patty eu estou vivendo este terror!! contas atrazadas e o pior!!!
    amei !!!

    • Patrícia Lages diz:

      Oi, Jussi. Vc vai dar a volta por cima e sair dessa se estiver empenhada e se dedicar. Será apenas uma questão de tempo e as contas voltarão para os seus devidos lugares. Beijinhos e obrigada pelo comentário.

  • Luciana Fragoso diz:

    Oi Paty quantas coisas estou aprendendo neste blog…. estava passando apuros mais ai veio o blog e enfim…to aprendendo.
    O pior e que deixei já muitas coisas como dividas sem importância coisas que da pra comprar depois, mais sempre me aparece alguém com aquilo que não posso rsrsr., mais estou me mantendo firme e recusando algumas coisas!!! agora tenho que aprender a corre desse povo que só aparece para gastarmos rsrs..bjinhos

    • Patrícia Lages diz:

      No começo é difícil resistir, mas depois vc pega o jeito e fica tranquilo! : )

  • Jaqueline diz:

    Olá Paty

    Eu estou vivendo atualmente um momento como esse, de ter muitas contas para pagar e o valor que recebo não ser compatível com minhas dividas. Mas tambem estou buscando me controlar ao máximo, cortei os supérfluo,gasto apenas o necessário, parei de comprar no cartão de credito e agora no final do mes já vou colher o resultado disso. Eu vou te contar uma coisa, para você chegar ao vermelho é muito fácil, sair dele é que é difícil. Estou me controlando desde Fevereiro/13 e agora eu ja tenho exatamente a data, segundo os meus cálculos, de quando quitarei totalmente as minhas dividas. No próximo mês estarei respirando tranqüila, e tudo que eu estou passando no momento me fez aprender uma coisa: “Planejamento sempre, só compro aquilo que posso pagar”. É por isso que eu estou aqui no seu blog, aprender nunca é demais.
    Bjs!

  • Ellen diz:

    Oi Paty aiii estou vivendo um terror também, minha casa, tive que parar no meio da reforma e não consigo terminar, parece que cada mês tem mais contas …sabe o que é pior as contas pequenas que meu marido faz sem me avisar …Eu tenho duas filhas e sai do serviço pra cuidar melhor delas e tava tudo bem mas meu marido não consegue administra o dinheiro quando chega na minha mão já é minimo pq só as contas dele levam quase tudo …não pretendo trabalhar fora por que percebi que isso o deixou acomodado como posso resolver Paty me ajuda

  • Luciana Araujo diz:

    Estou amando… preciso destas dicas!
    Acho que mulheres profissionais e administradoras do lar precisam mesmo saber cuidar do dim-dim.rs
    Obrigada D Patricia.

    • Patrícia Lages diz:

      Verdade, Luciana. Vamos multiplicar nossos ganhos e arrasar na administração da casa! Bjs

  • Cristiane-Japao diz:

    Oi dona Patricia,tenho um negocio proprio e como o dinheiro entra com frequencia ,conforme as vendas e eu sou casada e tenho 3 filhos,e so o dinheiro que meu marido recebe nao da pra todas as despesas,…agente acaba gastando alem da conta ,o que agente recebe mensal tenho mais facilidade pra administrar,mais o que entra por dia ,agente acaba gastando sem perceber,… quero muito aprender a dominar nosso bolso pra nao passar mais aperto,nosso problema nao e’ falta de entrar dinheiro e sim aprender a evitar a saida excessiva、preciso das suas dicas elas tem me ajudado bastante,…as deste post ja anotei,vou praticar,e ler os outros dois pra seguir aprendendo.obrigada.

    • Patrícia Lages diz:

      Vou te dar uma dica: faça as contas do valor que vc precisa para pagar as despesas e o valor que vc quer poupar. Todo o dinheiro diário que entrar, vc separa primeiro para as contas e depois para a poupança. Quando atingir o valor para cobrir ambos, vc pode gastar o restante que entrar. Assim vc garante as contas e a poupança sem se privar muito do que quiser comprar. : )

      • Cristiane-Japao diz:

        Obrigado ,vou praticar,nunca tinha pensado nisso,e’ uma otima ideia…

  • Nara Freitas diz:

    Olá Patrícia. é muito bom ter um blog como o seu voltado para auxiliar, especialmente, a nós mulheres sobre economia. acompanho seus posts desde o blgo da Cris e agora venho aqui todos os dias ler o post do dia. sou cristã de uma outra denominação, mas tenho sido extremamente abençoada e moldada através dos ensinos e da vida da Cristiane. e agora, venho tentando aprender com você também…gosto da forma clara e didática que você escreve; faz com que o assunto “economia” deixe de ser um bicho de 7 cabeças para nós mulheres, mães, donas de casa e trabalhadoras… agradeço a todas vocês da Universal com as quais tenho contato através dos sites. meu comportamento mudou depois que descobri e acompanho vocês. passei a pensar diferente como mulher, como esposa, como dona de casa e como serva do Senhor Jesus.
    Continuem sempre fazendo a obra de Deus, pois, o galardão de cada uma será inestimável. abraços calorosos.

    • Patrícia Lages diz:

      Oi, Nara. Que alegria tê-la aqui também! É uma satisfação pode ajudar, nem que seja um pouquinho. Obrigada por estar sempre com a gente! Bjs

  • Dayana Costa diz:

    Preciso me organizar porque nessas horas quero vender tudo que não estou usando!
    Dá um desespero!

    • Patrícia Lages diz:

      Essa não é uma má ideia. Se vc não está usando e vender pode ajuda-la, por que não? Considere como uma forma de solucionar parte do problema! Bjs

  • josy diz:

    Vivia pagando o minimo do cartão e a divida só aumentava ,por isso que est~eo nessa situação e também pagava as contas menores pensando que assim poderia viver com o resto,mas é verdade é melhor sofrer um pouquinho desejando comprar alguma coisa do que se endividar cada vez mais…
    passei muito tempo assim comprando,comprando ,gastando sempre mais do que ganhava e hoje está aí as consequencias

    • Patrícia Lages diz:

      Mas vc vai sair dessa, Josy. Entre no Desafio e vá em frente! 🙂

  • rosemary diz:

    ola dna. patricia,primeira vez que leio algo sobre a senhora, mesmo ja sabendo que tem o livro bolsa blindada!
    ainda não comprei o livro, mas com certeza não vou perder mais tempo…
    estou na situação das individadas,rsrsrs, mas tenho certeza que vou sair dessa,li tudo que postou desse desafio
    até o final do ano e com certeza to dentro,preciso sair do vermelho e conseguir ter alguma coisa guardada para o
    futuro, pois trabalho muito e nada consegui guardar ate hoje.
    meu marido sempre diz, temos que guardar algum dinheiro para uma necessidade, mas eu ate hoje achava besteira,
    mas com certeza esse pensamento ja mudou,quero fazer td direitinho em nome de JESUS.
    que DEUS abençoe sempre a senhora para que possa nos abençoar também, com toda a direção do ESPIRITO SANTO.

    • Patrícia Lages diz:

      Seja muito bem-vinda ao blog e em 2014 ninguém vai te segurar! 😀

  • FABIANA diz:

    OI D. PATRICIA EU ESTOU EXATAMENTE NESTA SITUAÇÃO COM DIVIDAS E SEM EMPREGO,MAS FAÇO TRABALHOS ALTERNATIVOS,O PROBLEMA É QUE EU NÃO PARO DE COMPRA,ACHO QUE TUDO FICA BEM EM MIM,QUE PRECISO DE MAIS SAPATOS.VESTIDOS,BOLSAS E POR AI VAI ,REALMENTE EU QUERO E VOU CONSEGUIR SAIR DESTA SITUAÇÃO,VOU COMPRAR O LIVRO DA SENHORA , VOU FAZER ESTE DESAFIO.,E VOU SAIR DO VERMELHO.DEUS ABENÇOE MAIS E MAIS.

    • Patrícia Lages diz:

      Oi, Fabiana. O primeiro passo vc já deu que é se conscientizar de que precisa mudar. Fazendo o desafio, sua vitória será apenas uma questão de tempo! 🙂

  • maria diz:

    . patricia preciso de ajuda, estou devendo no banco foi um refins q fiz e não consegui pagar e essa dívida já está em 17 mil sendo q emprestei só 3500, é muito juro pra um ano e meio de atraso!como fazer pra abaixar esses juros? ví em um comentario q a pessoa pagou a dívida do cartão com os próprios juros q o banco cobrava como assim? me ensina. moro aqui em londrina paraná como faço p comprar seu livro? um abraço e q o Senhor Jesus a abençõoe mais e mais.

    • Patrícia Lages diz:

      Oi, Maria. O banco está cobrando juros muito altos, pois a sua conta já aumentou 4 vezes…. O que vc pode fazer é a Portabilidade Bancária, ou seja, levar sua dívida para pagar em outro banco que te ofereça melhores condições. Então, visite outros bancos e veja qual te oferece a melhor proposta e, daí, transfira sua dívida para lá.
      Vc encontra o livro em praticamente qualquer livraria, tanto secular quanto cristã (evangélica). Ou ainda pela internet. Bjs

  • Adriana diz:

    Amei as dicas e vou pratica las

Seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatório são marcados *

*


Carreira Profissional

Cartão de Crédito

Investimentos

Pagamento de Dívidas

Faça uma busca no site:

Acompanhe também a Bolsa
Blindada nas redes sociais:


Receba todas nossas novidades!

Livros Bolsa Blindada:

Desenvolvido por: