“Momento Epa” para a humilhação

Algo tem chamado a minha atenção já há um bom tempo e quero compartilhar com as queridas Blindetes que também são mães. É a condição de humilhação em que muitas mães vivem.

Captura de pantalla 2014-11-08 a las 10.47.10

É uma grande verdade que mães sonham todos os dias em ver seus filhos bem-sucedidos. Seja na escola, no trabalho, no casamento, na sociedade, como pessoas respeitáveis, homens e mulheres de bem. Pode passar o tempo, podem passar os anos, mas sonhos de mãe não morrem, continuamos sonhando…

Porém, muitas vezes somos surpreendidas por situações que em nada parecem com aquelas que sonhamos para eles. Muitos parecem fazer parte do sonho de outra pessoa, mas para nós tornam-se pesadelos!

E é exatamente nessa hora que a mãe, eterna desejosa da realização dos seus grandes sonhos, “perde o chão”. Quando se depara com filhos rebeldes, desobedientes, enveredados pelo mal caminho, desempregados, envolvidos no submundo das drogas etc., ela se sente impotente e começa a sofrer duas situações: a da decepção pela condição do filho e a de humilhação. Muitas se culpam, ou são humilhadas pelos familiares, vizinhos, marido etc.

Não faltam pessoas para apontar, criticar e culpar. Porém, mães têm uma característica muito importante e não podem esquecer dela jamais: mães são guerreiras, verdadeiras leoas que ultrapassam muitas barreiras em prol da realização dos seus sonhos e suportam aquelas contrações muitíssimo dolorosas quando estão para dar à luz… Então: Por que muitas abaixam a cabeça? Por que muitas se desesperam? Por que muitas baixam o olhar e jogam nas próprias costas esse fardo pesado e difícil de carregar? Não mate seus sonhos com a culpa!

Somos as únicas que podemos reverter esse quadro, quando fazemos uso do “Momento Epa!” que a Pat nos ensinou e serve para todas as áreas da nossa vida. Podemos reverter essa situação através da fé, através da oração sincera que elevamos a Deus lhe pedindo ajuda. Temos de seguir crendo nos nossos sonhos. Querida mãe, pense comigo novamente: Mães guerreiras andam de cabeça baixa? Andam envergonhadas e humilhadas? Como ver o alvo olhando pra baixo, onde só se tem a visão do chão? Não dá, não é mesmo? Mas, elas arregaçam as mangas, levantam a cabeça, empunham as armas (principalmente as da fé), e partem para a batalha, se lançam para cima do inimigo, fecham seus ouvidos para as palavras negativas que lançam sobre elas e assim: VENCEM!

Vamos nos encher de forças e jogar fora do nosso caminho tudo aquilo que quer debilitar nossa confiança e fé, e todo aquele que quer roubar a realização de nossos sonhos! Sigamos firmes olhando para o alvo! Use seu “Momento Epa!” todas as vezes que algo ou alguém quiser colocar você pra baixo!

Captura de pantalla 2014-11-08 a las 10.38.34

Acreditem, o “Momento Epa!” ele funciona mesmo! Você já fez uso desse momento? Conte-nos nos comentários.

Beijos e até sexta que vem!

Casada há 27 anos e mãe de um rapaz de 25, já vivi em 5 países e sempre tive que usar a criatividade para criar meu filho e economizar no dia a dia. Atualmente vivo em Porto Alegre.

  • Susie diz:

    Gostei Sandra!

  • Delândia Silva diz:

    Bom Dia Sandra Linda…
    Que post mais emocionante, não pude conter as lágrimas ao ler…
    É isso mesmo, vencemos quando olhamos para Alto, vencemos quando temos a certeza que o nosso General Cristo Jesus vai a frente na batalha…
    Amo o “momento epa”, foi muito bom aprender isso, porque quando algo, ou alguém acha que pode me ferir,diminuir, ou minar meus sonhos ele é utilizado…
    Obrigada viu…assim como a Patty nossa Blindete Mor, vc é muuuuuuuuuuuuuito especial !!!

    • Sandra Lages diz:

      Olá Delândia querida! Obrigada por suas palavras de carinho! E usar o momento epa, é se valorizar, policiar, se amar! Beijos

  • joelma santos diz:

    EU PRECISO DESSE MOMENTO EPA!

    • Sandra Lages diz:

      Olá Joelma, querida faça uso desse momento que é de grande valor em muitas áreas da nossa vida, pois somos nós que impomos os limites! Beijos

  • Luiz diz:

    Oiieeee Querida amiga Sandra…
    ameeeeeeii esse post!
    e como disse a Delândia Silva, é muito emocionante.
    Aprendemos muito com você e a Paty.
    A cada dica, a cada postagem de ensinamentos de sabedoria vocês nos enchem de força e vontade de ir em frente, lutar e vencer todas as nossas barreiras! Nós Blindetes ficamos muito emocionadas com tudo isso que vocês nos passam!
    adoreeeeei … e eu como Blindete também Amo o “momento epa”
    Obrigada por ser essa pessoa Maravilhosa!!!

    Beijinhoooooooss

  • joselene lima diz:

    Muito bom! Sou muito grata á minha mãezinha por tudo o que ela fez e faz por mim <3

  • Adriana diz:

    Amei era o que precisava ouvir. Tenho uma filha de 16 anos e as vezes me frusto por não conseguir fazer a minha vida conseguir seus objetivos e os meus que sonhei pra ela. Principalmente de ser uma verdadeira mulher de Deus. Nasceu, e está crescendo na igreja mas ainda não conheceu de fato o Senhor Jesus. E as pessoas me criticam e a critica por causa disso. Mae nunca perdi a fé de ve la no altar por mas que todos não acreditam. Na Fé.

  • Najara Fátima de Lima Severo diz:

    Muito obrigada, Sandra, como é bom quando sabemos que não estamos sozinhas nesta batalha. Que Deus continue te abençoando e dando sabedoria sempre.
    Beijos, na fé sempre.

  • Simone diz:

    Sandra,post muito interessante porque traduz o omento de muitas mães. Eu, por exemplo!

    Andei até fazendo leituras sobre o tema. Filhos adolescentes, crise de valores, grande oferta de seduções = mães de joelhos.

    Usarei muito esse momento “Epa,epa,epa!!!” nem tudo é culpa minha.

    Obrigada, por um pouco de alívio.

  • Alexandra diz:

    Olá Sandra mais uma vez post excelente, estou precisando usar meu momento Epa e creio que vou executá lo muito bem.

  • CARMEM LUCIA diz:

    SIM , A DESCRIMINAÇÃO AINDA EXISTE , O MOMENTO EPA SIGNIFICA EU SOU MAIS QUE VENCEDORA E NINGUEM VAI TIRAR ISSO DE MIM

Seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatório são marcados *

*


Carreira Profissional

Cartão de Crédito

Investimentos

Pagamento de Dívidas

Faça uma busca no site:

Acompanhe também a Bolsa
Blindada nas redes sociais:


Receba todas nossas novidades!

Livros Bolsa Blindada:

Desenvolvido por: