“Meu namorado não me ajuda financeiramente”

Cada vez mais recebo mensagens pedindo orientação sobre o que fazer quando o “namorido” (namorado meio marido) não ajuda nas despesas. Eis aqui mais um caso, confira.

badSegue um resumo da história:

“Namoro há 2 meses, porém ele praticamente mora comigo, só que não ajuda em nada. Todos os dias faço jantar e ele faz marmita para levar de almoço. Começou a trabalhar neste mês e já me pediu dinheiro emprestado. A mãe do filho dele precisava de dinheiro para os materiais da escola, ele mentiu dizendo que havia deixado comigo e, no fim, emprestei 50 euros. Outro dia me pediu dinheiro para a condução e desde esse dia tem desaparecido moedas da minha carteira. Será que isso é normal e passageiro? Ele é boa pessoa, trabalhador, esforçado, mas será que vale a pena essa relação?” Amiga de Portugal.

Esse relacionamento está tão errado, mas tão errado que não sei nem por onde começar… Ela está com esse rapaz há apenas 2 meses, mas já permite que ele more com ela. Desculpe se esse é seu caso, mas isso não é namoro e essa atitude não é de uma mulher inteligente. Enfiar um homem dentro da sua casa sem que ele tenha que assumir compromisso algum com você é demais para a minha cabeça. Chamar isso de namoro então… Só Jesus na causa!

Depois o sujeito mente para não dar dinheiro para o filho dele. Mas a namorada (que eu chamaria de outro nome) vai e socorre o namorado (que eu também chamaria de outro nome) e “empresta” os 50 euros para ele dar ao filho. A mensagem que ela passa é: mesmo que você minta para não cumprir suas obrigações de pai, eu te socorro!

Veja que interessante o desfecho da mensagem: “…Ele é boa pessoa, trabalhador, esforçado…” Amiga, boa pessoa onde? Um homem barbado que mente para o próprio filho é esforçado? Um homem que rouba pode ser chamado de trabalhador? Pelo amor de Deus!

Assim como nossa amiga portuguesa, milhares de mulheres no Brasil gritam aos 4 ventos que querem respeito, mas se rebaixam e fazem esse tipo de coisa: sustentar vagabundos. Não dá para medir as palavras e tentar escrever algo bonitinho, pois a realidade dessas mulheres não é nada bonita. Não se ofenda com as minhas palavras, ofenda-se com a sua situação e com quem está se aproveitando de você e da sua boa vontade. Pense e guarde a seguinte frase para o resto da sua vida: você não é um artigo em liquidação, então, valorize-se! 

 

Recadinho para a galera do Rio!

banner-workshop-bolsa-blindadaWorkshop Gestão Profissional e Financeira – Rio de Janeiro

Patricia Lages e Shana Wajntraub. Vagas limitadas! Serão 4 horas de muito aprendizado com dinâmicas e exercícios práticos. Para ver como foi o workshop em São Paulo, clique aqui (teremos os mesmos temas e exercícios práticos) e para ver todas as informações e se inscrever no workshop do Rio, clique aqui.

Nos vemos!

Jornalista com atuação no Brasil, Inglaterra, Argentina e Israel. Autora do best seller Bolsa Blindada e palestrante na Universidade de Harvard.

  • Cidalia -Tunisia( Africa do Norte) diz:

    Bon dia Patty,
    O que será que cega estas mulheres? Não acredito !!!
    Esse tipo de homem minusculo , é um cara de páu , como ainda hésitam a pô- los no olho da rua!!
    Mulheres vocês tem muito valor , não aceitem serem tāo bonbonas.Ai que raiva de cegueira..

    • Patrícia Lages diz:

      Tá aí o recado!

  • Liliane Bispo diz:

    Patricia aplausos pelas suas palavras! Que mulher tola essa aí! Infelizmente muitas mulheres se submetem a esses tipo de situação porque não querem ficar sozinhas, não querem se sentir solteironas e aceitam esses homens em sua casa. Eu tenho 32 anos, estou solteira, quando chego em casa e vejo o que Deus me permitiu ter eu fico tão contente e peço a Ele que me ajude a escolher um bom marido porque eu não quero um vagabundo se aproveitando da bênção que Deus me deu e das coisas que conquisto com tanto esforço.

  • Simone diz:

    Acho que o desespero tomou conta da mulherada. É do tipo” não te tu vai tu mesmo”. Este homem não vai mudar. Difícil pra grande parte das mulheres é intender que ficar sozinha é melhor do que ter este tipo de companhia.

  • Mariana diz:

    Patty,ainda bem que essas mulheres tem você para aconselhar.
    Moro com meu noivo e graças a Deus ele é muito esforçado e trabalhador,
    o dinheiro que ganhamos é nosso, todo mês é um ajudando o outro.
    Mês que vem tenho um casamento para ir, onde os noivos estão juntos somente há 5 meses!! Estou bem apreensiva, porque onde já se viu? Conhecer alguém em 5 meses??

    • Junia diz:

      Mariana bacana, mas não fique apreensiva não, pois existem namoros que duram anos e e anos e mesmo assim quando resultam em casamento acaba não dando certo. Já outros em que tudo foi rápido o que determinou o sucesso, em primeiro lugar, o comprometimento com Deus, e em segundo lugar os dois alinharem os seus objetivos.

      • Mariana Constantino diz:

        Junia, não sei como funciona pra você, mas todo relacionamento precisa de um fase de conhecimento e oração, precisa da confirmação de Deus. Realmente não acho que 5 meses sejam o suficiente para Deus confirmar, tudo que é feito nas pressas acaba logo. Realmente, Deus pode ter preparado tudo, mas eu não arriscaria prometer a Deus e a uma pessoa que ficaria com ele por toda eternidade sendo o conheci ontem. Tanto que tenho mais de 3 anos de relacionamento e as confirmações só vieram agora, por isso noivamos.

  • Charlene diz:

    Oi Paty… Só Deus mesmo pra tirar a venda dos olhos destas mulheres, torço para que isso aconteça! Bjs

  • Mãe Consumista diz:

    Parabéns Patrícia pelas palavras diretas e certeiras. Conheço tantas amigas nessa situação. Não me conformo, sustentam o “namorido” desempregado, os filhos de outros casamentos deles e ainda lavam, passam e cozinham para o cara é os filhos. Fico passada. Não pode não. Vamos nos valorizar sempre. Beijos. ♥

  • Sara diz:

    Conheço tantos mais tantos casos de mulheres assim, que não sei se dá dó ou vontade de dar uns puxõezinhos de orelha pra ver se acordam pra vida! Essa é a essência da mulher, de sempre querer dar, ajudar e ser boa, mais acabam trocando os pés pelas mãos e fazendo tudo ao contrário do que deveriam! As mulheres têm que aprender o que é o CERTO e fazê-lo custe o que custar, doa o que doer, e não agir pelo que SENTEM deixando-se levar pelas emoções a fora.. Sabias palavras as suas Paty! Bjs

  • Reginaldo de Souza diz:

    Logo se vê que é um explorador.

  • Gisele Modesta diz:

    Olá Paty, o post de hoje retrata a realidade de muitas mulheres que queimam etapas procurando a felicidade, mas na realidade só encontram sofrimento e desilusão.

  • Maria Carolina Urizzi diz:

    Nunca havia comentado por aqui, apesar de gostar mto de tudo q leio!
    Mas esse post foi demais de bom! Infelizmente, vejo várias amigas passarem por isso… triste, viu?
    Parabéns pelo blog e mto grata por suas msgs, vivências e dicas incríveis!

  • Joselene Lima diz:

    É UM MALA COM CERTEZA!

  • Carla diz:

    Paty..eu gostaria de uma opinião sua sobre um problema que estou passando..eu poderia falar com você Por email?

    • Patrícia Lages diz:

      Vc pode enviar sua questão aqui pelo blog, indo em Contato. Bjs

  • jamily diz:

    Realmente é muita falta de amor próprio.os dois trabalham os dois dividem despesas se liga

  • joana parapinski f santos diz:

    saia fora amiga esse e um cafageste de primeira linha homem cuida se preocupa ama … sai fora vc e linda

Seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatório são marcados *

*


Carreira Profissional

Cartão de Crédito

Investimentos

Pagamento de Dívidas

Faça uma busca no site:

Acompanhe também a Bolsa
Blindada nas redes sociais:


Receba todas nossas novidades!

Livros Bolsa Blindada:

Desenvolvido por: