Meu marido é gastão!

O que fazer quando você controla suas finanças, mas o seu marido coloca tudo a perder? Confira o post de hoje e livre-se desse problema!

Marido_gastãoVocê está sempre socorrendo seu marido financeiramente. Você organiza suas contas, paga tudo em dia e quando pensa que vai ter uma folga financeira, lá vem o seu marido pedir um “help” por ter gastado mais do que devia!

O que fazer? Socorrê-lo ou não? Você deve deixá-lo ir pro SPC ou evita esse constrangimento? Vamos usar o exemplo de uma blindete para responder a essa questão. E também vamos falar se vale a pena adiantar a quitação de empréstimo e financiamento.

Reserve 15 minutos para investir no seu casamento e confira o áudio de hoje. Para ouvir de um celular ou tablet talvez você tenha que baixar o aplicativo gratuito Mixcloud. Se você já tem, basta clicar aqui.

Nos vemos!

Jornalista com atuação no Brasil, Inglaterra, Argentina e Israel. Autora do best seller Bolsa Blindada e palestrante na Universidade de Harvard.

  • Patrícia diz:

    Pati, muito obrigada pelo post!
    Era EXATAMENTE a minha dúvida.

    Aconteceu um “imprevisto financeiro”essa semana entre mim e o meu marido, por falta basicamente de diálogo. Já vou enviar a ele o post, pra ele ouvir o áudio, porque nós vamos encarar esse “imprevisto” juntos!
    Mais uma vez, muito obrigada á vc e a Cleide tbm rs
    Beijos

  • Marta diz:

    Olá Patrícia,

    Muito interessante o aprendizado de hoje.

    Se me permite queria apenas acrescentar um ponto à dica de quitar o empréstimo mais cedo ou não, no ponto de vista financeiro.
    Que é não olhar apenas ao que vai poupar nos juros (no caso da Cleide de 300 reais), mas também aos juros de depósito poupança que deixa de receber por quitar o empréstimo mais cedo. Ou seja, o custo de oportunidade de empregar o dinheiro para pagar o empréstimo, face ao que ela receberia se empregasse o dinheiro numa poupança, ou num outro investimento.

    Por exemplo, vamos supor que a dívida do banco que vai poder quitar é de 5000, se ela pagar já, poupa 300, então vai pagar 4700. Mas se ela usar os 5000 e puser num depósito a prazo (ou fizer qualquer outro investimento) até novembro, vai receber juros – dependendo se os juros que ela vai receber são superiores aos 300 de poupança ou não, então financeiramente a melhor decisão vai ser manter o empréstimo ou, caso contrário, será melhor quitá-lo mais cedo.

    Espero ter ajudado.
    Beijinhos!

    • Patrícia Lages diz:

      Oi, Marta. Se ela colocasse os 5 mil que vc disse, de março a novembro na poupança, receberia apenas uns R$ 255 de rendimento. Além do que, teria que pagar as prestações usando outro dinheiro (que não esses 5 mil, pois eles estaria parados na poupança). Deixar de ter desconto em empréstimo para investir em poupança quase nunca é um bom negócio!

  • Daniela Santana diz:

    Não consigo entender por que perdia meu tempo com sites que nao me levavam a nada
    se conhecesse este não estaria na situação de hj. gracas a Deus conheci este.

    • Patrícia Lages diz:

      A força do hábito nos faz fazer o que nem sequer queremos, por isso é preciso estarmos constantemente nos vigiando!! 😀

  • clecia amorim diz:

    Paty tem algum aplicativo compatível com Windows Phone que eu possa ouvir os áudios,pois esse não é compatível.

    • Patrícia Lages diz:

      Não conheço, Clecia. Os áudios subiram nesse aplicativo, então acho que só nele mesmo. Vc tem como ouvir de outra forma? Em um computador, por exemplo?

  • Jaqueline diz:

    Oi Paty,como sempre esse texto veio pra nos ajudar muito.obrigada!
    Paty,meu marido perdeu o emprego na terça,justo agora que acabamos de entra na nossa casa nova,e ainda temos um monte de coisa pra fazer nela.Ontem eu conversei com ele sobre o dinheiro que ele receberá da sua demissão,e pensei em pedir pra administrar,só que no passado já fiz isso,e de tanto a mãe dele falar que isso era errado,pois não tinha nunca um dinheiro no bolso,pra comprar qualquer coisa.Assim ele não permitiu que eu assim fizesse.Hoje ele continua sem um real no bolso,e eu que banco o resto do mês,as despesas da casa e do nosso filho.
    Falei pra ele pra pagarmos todas as dívidas que fizemos na construção da casa,e ficaremos tranquilo até ele arrumar um novo emprego.Qual dica vc nos daria,também?

    • Patrícia Lages diz:

      A mesma dica, Jaqueline. Não tenham essa divisão de dinheiro, administrem juntos o que têm sem interferências de terceiros. Ninguém coloca comida na sua mesa, portanto, não devem emitir opiniões. Paguem suas dívidas e não deixem que elas cresçam e assim vcs terão tranquilidade até que ele se recoloque. Bjs

  • Jaqueline diz:

    Paty eu sou autônoma,e recebo a minha produção todo final de semana,compro e pago o que dá.Não entrego o dinheiro ao meu marido,isso que vc chamaria de divisão de dinheiro?

    • Patrícia Lages diz:

      Quando digo casar as contas não estou dizendo que alguém tem que entregar o dinheiro ao outro, mas sim que vcs devem ter uma planilha juntos, com todos os ganhos e gastos dos dois. Assim vcs terão uma visão melhor de tudo o que entra e sai e não ficam como vc está agora: recebe picado e paga o que dá. Coloquem tudo no papel e analisem ganhos e despesas, assim vcs não precisarão sair correndo pra cada um pagar suas dívidas. Sejam um time que joga junto.

  • Mônica diz:

    Bom dia Paty. Parabéns como sempre amada. Que Deus te capacite e ilumine a cada dia. Amada uma dúvida, estao saindo alguns comentários de que o governo vai acabar mexendo nas poupanças igual aconteceu a algum tempo atrás. E fiquei preocupada pois tenho uma poupança do meu filho de 13 anos e uma minha com meu esposo. Será que seria melhor retirar todo o dinheiro? Aguardo seu retorno. Bjs um final de semana abencoado.

    • Patrícia Lages diz:

      Oi, Monica. Não tenho a menor ideia se isso vai ou não acontecer, então não tenho como orientá-la… Bjs

  • Jocimara diz:

    Paty a senhora tem alguma opinião sobre dividas de cartão de creditos o que fazer ? quando não se tem o dinheiro pra pagar? a melhor opção e dividir as parcelas?

    Obrigadaa pela dicas gosto muito

    • Patrícia Lages diz:

      Oi, Jocimara assista um vídeo aqui do blog em que dou dicas sobre o assunto. É o primeiro vídeo, que estou de preto com um lenço colorido. Beijos!

  • Vilma diz:

    Ahhhhh….seria meu sonho de consumo,a aceitação do meu esposo em relação as nossas finanças. Ja conversei,briguei e não tem jeito todo mês é sempre a mesma coisa…tenho q ta perguntando “chegou aquilo.chegou isso.veio qto disso.qto veio daquilo.ja pagou isso.pagou aquilo”…afff…isso é um saco. E qdo não pergunto o mês passa e ele não me fala nada. Sou frustrada demais por causa disso.Ate pq não era assim…e depois q ele começou a ter um salário melhor tudo desgovernou.
    Mas um dia chego lá!!!
    Deus abençoe sempre esse seu trabalho.

    • Patrícia Lages diz:

      Vilma, não se estresse mais com isso. Se eu fosse vc não perguntava mais nada e deixava por conta dele.

  • Tamiris Matias diz:

    Oi Paty adorei as dicas mas ai quando meu marido não gosta de falar sobre as finanças? Isto mesmo!! Eu já tentei sentar com ele pra gente conversar sobre nossas dividas e o que ele me respondeu? Não gosto disso eu gosto de receber e ir pagando as contas!! Como planejar alguma coisa com um pensamento desse?? Help !!

    • Patrícia Lages diz:

      Muito chato… O que vc precisa fazer então é planejar o seu orçamento. Quando ele vir que vc está super blindete, pode ser que queira também lidar as finanças dele!!

      • Tamiris diz:

        Ok. Vou seguir seus conselhos ^^ Muito Obrigado. Bjinhos :*

Seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatório são marcados *

*


Carreira Profissional

Cartão de Crédito

Investimentos

Pagamento de Dívidas

Faça uma busca no site:

Acompanhe também a Bolsa
Blindada nas redes sociais:


Receba todas nossas novidades!

Livros Bolsa Blindada:

Desenvolvido por: