Histórias de sucesso

Veja alguns exemplos de “blindetes” que estão “divando” depois de seguirem as dicas do livro e do blog Bolsa Blindada. Elas estavam em uma situação financeira desfavorável, mas mudaram de atitude e estão colhendo os frutos. Confira!

 

Quem está comigo na foto acima é a Méuri Luiza, autora das Histórias Curtas do blog da Cris Cardoso. Mesmo não tendo problemas financeiros, nossa querida Méuri também é  “blindete” e foi me prestigiar no lançamento do livro Bolsa Blindada em São Paulo. Ela é uma grande escritora e tenho certeza de que você vai se apaixonar por suas histórias!

E hoje é mais um daqueles dias felizes em que tenho o prazer de compartilhar com vocês alguns dos inúmeros relatos que tenho recebido das minhas queridas leitoras! 😀

 

Olá, Patricia! Quero compartilhar minha enorme felicidade. No mês de julho percebi que minhas dividas tinham ultrapassado todos os meus limites e, por isso, tive que trancar minha faculdade e fiquei muito chateada. Mas depois percebi que, mesmo trancando a faculdade, minhas dividas triplicavam e não via um tostão do meu salário (nem em que ele estava sendo gasto).

No mês passado aconteceram alguns fatos difíceis na minha vida e uma amiga minha me emprestou o Livro A Mulher V, da Cristiane Cardoso. Foi por intermédio do blog dela que conheci o seu e de imediato me interessei também pelo seu livro, só que nem dinheiro para comprá-lo eu tinha… Mesmo assim, com suas maravilhosas dicas do blog, consegui quitar praticamente 90% das minhas dívidas! Depois consegui comprar o livro em uma promoção, por um ótimo preço. Muito obrigada por compartilhar suas experiências e conhecimentos com todas nós. 
Que Deus ilumine grandemente a sua vida! Jessica Omena

 

Seu livro e fantástico e mudou minha vida, me fez ver coisas em relação a minha vida financeira que eu não via. Estou aplicando todos os seus conselhos na minha vida e ela melhorou muito. Obrigada Patricia, você é uma benção e seu livro também! Blog Mãe Consumista (diário de uma mãe consumista querendo economizar)

 

Olá, Patrícia! Comprei seu livro hoje e simplesmente devorei-o em pouco mais de 3 horas! Agradeço-lhe imensamente pelos conhecimentos transmitidos através de sua obra. Nunca me preocupei com controle financeiro, até ter meu primeiro filho. Confesso que estou nessa luta há 4 anos, mas sempre perdia o foco e lá estava eu, perdida no meio de gastos desnecessários e dívidas. Através de sua inspiradora história, pude ver que minha situação é infinitas vezes mais fácil de ser solucionada. Basta estabelecer metas e objetivos e principalmente: ter perseverança. Obrigada por me propiciar a inspiração que me faltava para ter uma “bolsa blindada”. Ana Figueiredo

Se você quer que sua história de sucesso também seja compartilhada aqui no blog, deixe seu comentário abaixo e ficarei muito feliz em postá-la!

Nos vemos!

Jornalista com atuação no Brasil, Inglaterra, Argentina e Israel. Autora do best seller Bolsa Blindada e palestrante na Universidade de Harvard.

  • ISA diz:

    Bom dia
    D. Patricia quero agradecer porque o Sr. Jesus tem usado a sra. para me abençoar.
    Não sabia controlar o dinheiro. Ainda está no início de um futuro muito abençoado.
    Vim mesmo dizer, obrigada pelo Sr. Jesus ter escolhido a sra. para abrir os meus olhos.
    Bjs

    • Patrícia Lages diz:

      Fico muito feliz com isso, Isa. E tenha certeza de que é só o começo! Bjs

  • Vanessa Costa diz:

    Olá amiga Patricia, a chamo de amiga por ser esta pessoa de verdade que compartilhou momentos de sua vida para ajudar a muitas de nós eu sou uma dessas muitas, Graças a Deus! Acabei de ler o livro esta segunda, mas no decorrer da leitura fui praticando fiz minha planilha em Out. e vi como ganhei dinheiro e em gastei sendo que meu nome estava sujo e eu não parcelava as dividas com medo de quebrar os acordos e gerar juros ainda maiores.Quando vi aquele valor tomei atitude! Li sobre o nosso nome e sua importância. Estou no caminho certo, perdi o medo! não vou quebra os acordos, meu nome está limpo! Já tive uma pensão durante quatro anos foi um aperto só, meu nome fico sujo todo este tempo, quando fechei fui trabalhar e comecei a pagar, esperava os descontos para quitar de uma fez, algumas vezes consegui,outras começava e quebrava daí o medo. A planilha de Nov. esta pronta e estou preenchendo a cada semana, meu foco é terminar as prestações até antes do prazo e depois deste já tenho outro objetivo. Tenho um premio para mim quando terminar de pagar essas prestações, e o mais importante meu nome está na Lista. Muito Obrigada!

    • Patrícia Lages diz:

      Muito bom!!! Capricha depois no seu prêmio, hein!!?? 🙂

  • Aniele Hidaka diz:

    Oi Patrícia, quero dizer que estou me aplicando a cada dia nos desafios, quero entrar 2014 sem dividas desnecessárias. A primeira coisa que eu fiz, foi anotar o que eu ganhava e com o que eu gastava, confesso que não tinha dinheiro pra comprar uma agenda, mas improvisei num caderninho, comecei a saber em que eu gastava dinheiro. A segunda lição foi não andar com cartão de crédito na bolsa, nós sempre ficamos tentadas com ele nas mãos, também aprendi a só usá-lo em último caso. Depois aprendi a conter minha ansiedade, tinha coisas que eu queria comprar de imediato, não conseguia esperar o momento certo, aí apelava pro cartão, com isso as dívidas só aumentavam, eu li num artigo de economia que temos que gastar 30% do salário em dívidas, eu já estava na faixa dos 60%! Com asa dicas pra ser uma mulher moderna, descobri que eu podia reciclar minhas roupas, estou fazendo combinações de peças e parece que estou com um novo modelo todo dia. Graças à Deus também com essas atitudes, acabei influenciando meu esposo a parar de gastar tanto, ele também já anota tudo no papel rsrs. Agradeço muito à você por suas experiências compartilhadas que tanto me ajudaram. Que Deus continue lhe iluminando pra fazer artigos que nos inspirem, afinal quem dá recebe de volta. Bjss

    • Patrícia Lages diz:

      Sim, é verdade, Aniele. Comprometer mais do que 30% é muito arriscado. Eu só tenho que lhe dar os parabéns pela nova Aniele!! Arrebentou!! 🙂

  • Kelly Furtado diz:

    Olá Patrícia! Pelos exemplos que leio aqui no blog, vejo que o meu é um pouco diferente, só tenho 18 anos e não tenho uma família para cuidar. Mas sempre fui muito independente com minhas finanças. Comecei a trabalhar no início do ano passado, quando recebi meu primeiro salário, minha prima me disse que esse seria o último que iria sobrar alguma coisa para mim, pior que foi verdade, parece que coloquei em prática o comentário dela.
    Quando comecei o desafio em Agosto achei que eu me encaixava no grupo das ‘duras’ somente e não no das endividadas, com o passar dos meses vi que se não tivesse mudado radicalmente minhas ações estaria muito endividada hoje, pois ainda tenho dívidas dessa período, mas estarei quintando-as esse mês em Nome de Jesus.
    Precisava tirar a minha carteira de habilitação com muita urgência, mas não tinha condições nenhuma de dar entrada nos processos, pois minha situação financeira não permitia. Acabava pegando dinheiro emprestado com minha família para pagar as minhas contas no comércio, resumindo eu só transferia o meus débitos para dentro de casa.
    Hoje não compro nada que não esteja em meu orçamento, já tenho planejado meus gastos até o mês de Janeiro rs. Já dei entrada na minha carteira e vou pagá-la com muita tranquilidade e o mais legal de tudo é que meu décimo terceiro irá todo para minha viagem de férias no início do ano. Deus seja louvado por isso! Muito obrigada Patrícia!

    • Patrícia Lages diz:

      Puxa, Kelly, que bacana aprender a ser tão responsável já com essa idade. Continuando nesse pensamento e atitudes, daqui a pouco tempo vc terá um belo patrimônio. Parabéns!

  • Andressa Cristina Almeida diz:

    Oi Patrícia!
    Acompanho seus post desde o começo no blog da D. Cris, quando você criou o blog eu já comecei acompanhar também e comprei o livro.
    Gosto muito dos seus posts e estou no desafio.
    Passei por um problema financeiro em outubro, estava atribulada e desesperada, até que li seu post no blog da D. Cris falando sobre a tempestade, que Jesus estava no barco e Ele não permitiria que afundasse, aquele post me acalmou e fiquei em paz e tudo deu certo e realmente meu barco não afundou.
    Ainda tenho problemas para resolver, mas agora não estou de braços cruzados, e não vou desistir.
    Fiquei noiva faz pouco tempo e economizei bastante e como amo o mundo do casamento decidir criar um blog para compartilhar ideias e até encorajar as noivas a economizar assim como eu fiz no meu.
    http://diafelizseuevento.blogspot.com.br/
    Obrigada pelo seu trabalho que tem me ajudado a ser melhor a cada dia. Um beijo!

    • Patrícia Lages diz:

      Que ótima ideia, Andressa, vai arrebentar!! Bjs

  • Daiana Schemes Rio Grande do Sul diz:

    Boa tarde Pati;

    Como é bom ver as pessoas avançando 🙂 muito feliz 🙂
    Um abraço Pati.

    Dai.

    • Patrícia Lages diz:

      É tri-legal!! 🙂

  • Luiz diz:

    Oieee Patricia
    Só tenho que agradecer por ter encontrado seu blog, ter seguido suas orientações e colocá-las em prática!
    Pude ver muitos resultados positivos!
    Meu depoimento já contei para vc em um e-mail que lhe enviei.
    mas se caso vc não encontre terei maior prazer em lhe enviar de novo!
    Estou muito feliz por estar fazendo o “Desafio 2014 com dinheiro” ! e também por fazer parte das suas “Blindetes” estou divando aqui também!!!
    aprendí muito com seus exemplos aqui no blog! inclusive a me controlar nos gastos que as vezes não tem necessidade …
    enfim tenho colocado em prática todas as suas dicas e tem dado certo!!!

    Deus a abençoe grandemente.
    obrigado bjinhos

  • giselle diz:

    seu livro é ótimo ,pena que meu marido ,não lê o livro deixo na cabeceira ,mas ele não tem curiosidade,infelismente meu esposo ,gasta cmuito com as crianças,,superfluos ,brinquedos,sabe pai babão
    pois émas as reais necessidades ,ele não enxerga,triste,eu sou a economica da casa ,mas não trabalho por tant oa renda ,vem só dele,quero muito ajuda-lo a pagar as dívidas feitas em seu nome e ser um homem com ficha lima na praça

    • Patrícia Lages diz:

      Oi, Gisele. Mesmo ele não lendo o livro, vá dando as dicas de uma forma bem leve, sem parecer uma imposição. Vá aos pouquinhos e ele vai te ouvir! Bjs

  • Ana Côrte diz:

    Querida d. Patrícia,
    como poderemos ter acesso ao seu livro aqui em Portugal?
    Eu quero, e tenho amigas que também querem!
    Dê-me uma dica, por favor.
    Um grande beijinho,
    Ana

    • Patrícia Lages diz:

      Oi, Ana. Dá pra baixar o e-book pela Amazon.com. Mas espero poder ir e fazer um evento aí. Vc está em Lisboa? Bjs

Seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatório são marcados *

*


Carreira Profissional

Cartão de Crédito

Investimentos

Pagamento de Dívidas

Faça uma busca no site:

Acompanhe também a Bolsa
Blindada nas redes sociais:


Receba todas nossas novidades!

Livros Bolsa Blindada:

Desenvolvido por: