Empreendedores da Bíblia – Davi – Parte 3

Nesta nova série, vamos conhecer as qualidades que um empreendedor deve ter, baseadas em personagens bíblicos que foram bem-sucedidos. Hoje trazemos quatro características de Davi.

Se você quer acompanhar desde o início, basta clicar aqui para conhecer as duas primeiras características empreendedoras de Davi e aqui, para a terceira e quarta.

Hoje falaremos de quatro aspectos importantíssimos para o sucesso de qualquer pessoa que deseja empreender um novo negócio ou ser bem-sucedido em sua carreira profissional. Decidi trazer essas 4 juntas, mesmo que o post ficasse maior do que o normal pelo simples motivo de que empreendedor que tenha preguiça de ler não vai muito longe. Então: coragem!

 

ER7_RE_RD_CENA_3_570kbps_2012-10-26_fad8d5bc-1fcc-11e2-b4dc-d781dee7c66e5) Evitar o confronto direto – Quem conhece um pouco da história de Davi sabe que ele, apesar de ungido rei, teve de se sujeitar a Saul, enquanto este ocupava a coroa. Embora ele tivesse a unção de Deus, jamais confrontou Saul, ao contrário, o respeitou em todas as ocasiões, mesmo quando o rei pensava em matá-lo. Quem não se lembra da passagem em que Davi teve oportunidade de livrar-se de Saul, mas não o fez? Assim devem ser os empreendedores: não confrontar diretamente seus clientes, seus fornecedores, seus subordinados ou quem quer que seja. O confronto direto, o bate-boca e as discussões intermináveis para provar quem está certo só servirão para provar que as duas partes estão erradas. No mundo corporativo importa o resultado e nada é pessoal, então mantenha-se focada nisso e não se imponha no grito.

 

davi-610x4096) Dar exemplo – É simples: faça aos outros o que gostaria que fizessem a você. Quando damos o exemplo, assim como fazia Davi, as demais pessoas nos seguem sem nem mesmo se dar conta. Por isso Davi era líder: ele fazia o que todos queriam fazer, mas não conseguiam. Ao ver que Davi era capaz, acabavam por inspirar-se nele e a crescerem também. O exemplo vale mais do que palestras, work shops, treinamentos e broncas.

 

e7134tx2y59iadi5fcnqp3mv37) Provar suas ideias na prática – Criticar os outros é muito fácil, mas ter ideias melhores é que é difícil. Como já disse aqui no blog várias vezes: quando a pessoa não tem uma ideia melhor, deveria ser proibida de criticar. Isso já melhoraria o clima em qualquer empreendimento em 90%! Mas também há aquele momento em que temos uma grande ideia, mas ninguém nos ouve e é aí que entra a prática. Davi disse que venceria o gigante e, ainda que ninguém cresse nele, foi lá e o venceu. Assim devemos fazer: ninguém nos ouve? OK! Vamos provar que estamos certas na prática. Fiz isso várias vezes – ciente de que corria riscos – mas quase sempre deu certo. E quando não deu 100% certo, a experiência serviu como base para ações futuras. Um empreendedor deve sempre estar ciente de que correrá riscos.

 

filisteus07-prepucios8) Saber lidar com as pressões – Alguém que se destaca na multidão sempre será testado, pressionado, invejado e, para rimar, ter seu tapete puxado! Lembra-se quando Saul criou uma “armadilha” para Davi mandando-o trazer 100 prepúcios filisteus para ter a mão de sua filha? Pois é, Davi já havia matado Golias, o que lhe dava direito a casar-se com a filha de Saul, mas este, além de não cumprir sua palavra, ainda impôs uma condição extrema. Tudo isso para que Davi fosse morto diante dos inimigos e não ameaçasse mais o seu reinado. Não é exatamente assim nos dias de hoje? Alguém a vê como uma ameaça e logo começa a trabalhar para acabar com sua carreira! Mas veja o que Davi NÃO fez:

  • Não reclamou
  • Não se fez de injustiçado
  • Não foi buscar “seus direitos”
  • Não fez greve
  • Não criticou
  • Não incitou outras pessoas contra seu superior

Agora veja o que Davi FEZ: simplesmente foi lá e, em vez de trazer 100 prepúcios, trouxe 200! “Sensacionástico”! Sim, é sensacional + fantástico!

 

Tarefinha:

Anote as 8 primeiras características e coloque-as em um local onde possa consultar facilmente em tê-las sempre em seu pensamento. Tenho certeza de que, ao colocá-las em prática, sua carreira profissional será outra. Vai uma ajudinha:

  1. Reconhecer a importância de seu trabalho;
  2. Observar; analisar; planejar; executar;
  3. Ter espírito de liderança;
  4. Manter o foco no objetivo certo;
  5. Evitar o confronto direto;
  6. Dar exemplo;
  7. Provar suas ideias na prática;
  8. Saber lidar com as pressões.

Segunda que vem voltaremos com as duas últimas características. Se você não quer perder…

Cadastre o seu e-mail agora!
Cadastre o seu e-mail abaixo e receba todas as nossas novidades!

 

19E não esqueça que estamos na contagem regressiva para o lançamento do meu terceiro livro: Virada Financeira. Quem gostaria de ver a capa em primeira mão? Será que eu posto? Não sei, não…. rs…rs…. O que vocês acham? Posto ou não postoooooooo?????

Nos vemos!

Jornalista com atuação no Brasil, Inglaterra, Argentina e Israel. Autora do best seller Bolsa Blindada e palestrante na Universidade de Harvard.

  • Bianca diz:

    Bom dia, Paty.

    Postaaaaaaaaaaaaa… 🙂

  • Glauccia diz:

    Postaaaaaaa!!!

    Excelente dica Pati, muito obrigada. São coisas tão simples, mas que infelizmente não conseguimos enxergar. Agora é só praticar.

  • Vanessa diz:

    Olá, sobre a característica: Saber lidar com as pressões, tenho como exemplo uma das pedagogas responsáveis pela escola do meu filho. Ela lida com diversas mães, cada uma com perfil e humor diferente, umas com razão e outras totalmente sem noção. Ela consegue ser amável, receptiva e acolhedora com todas nós. Nossas queixas podem até ser absurdas, incoerentes, inapropriadas mais ela trata com o respeito tudo que levamos até ela, não perde a compostura nem sai em defesa da escola ou do seu próprio trabalho mais sempre sai em defesa dos nossos filhos e nos deixa tranquilas porque passa a certeza de que fará o que é melhor para as crianças. Ela não ouve apenas a nossa fala, o momento em si, ela entende nossas preocupações de mães, nossa imaturidade diante dos desafios da maternidade, nosso processo de amadurecimento, nossos conflitos. Ela sabe lidar com a pressão e não fica pressionada pelo momento nem age impulsionada por ele. Ela é um grande exemplo e teve profundo impacto na mãe que eu me tornei.

    • Patrícia Lages diz:

      Que bacana!! Convida ela pra ler sua”declaração”!!!

    • Patricia diz:

      Bacana!!!

  • Regiane Araújo diz:

    Posta!!!!

  • Sula Laiane diz:

    Verdade! Ele se submetia ao seu superior e não ao problema. Tratava o rei com respeito, ainda que este não o desse o mesmo exemplo. Isso é muito bacana e uma pena que não se veja muito. Pois o que acontece bastante nas empresas é grupinhos de funcionários criticando atitudes do patrão, às escondidas e incentivando outras pessoas a fazerem o mesmo.Não seria muito melhor se ao invés disso se preocupassem em aperfeiçoar-se?

  • geane diz:

    Siiiiiiiimmmmmmm, sem dúvida.

  • Patricia diz:

    Patricia, segundo o prof Pier, quando a gente escreve no computador, a gente deixada gravado na memória HD da máquina. Ja quando a gente escreve com papel e caneta, fica guardado no nosso HD (memória).
    Por isso vou escrever as 8 características à mao. Assim eu espero aproveitar mais delas! 🙂

    • Patrícia Lages diz:

      Eu creio que ele tem razão, pois comigo a técnica funciona muito bem. Vai arrebentar ainda mais!! 😀

  • Daniele diz:

    Excelente texto! Inspirador!!!

  • Joselene Lima diz:

    Muito bom!

Seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatório são marcados *

*


Carreira Profissional

Cartão de Crédito

Investimentos

Pagamento de Dívidas

Faça uma busca no site:

Acompanhe também a Bolsa
Blindada nas redes sociais:


Receba todas nossas novidades!

Livros Bolsa Blindada:

Desenvolvido por: