Dicas para se livrar dos chatinhos do WhatsApp!


Que o WhatsApp foi criado para facilitar a vida, todo mundo sabe, mas nem todo mundo sabe como usar. Faça o teste no nosso “chatômetro” para acabar com a chatice de vez!

WA

O post de hoje é em 3 etapas:

  1. Teste para você saber se está sendo a chatinha do WhatsApp;
  2. Como se proteger contra os chatinhos;
  3. Como deixar de ser chatinha!

TESTE: SERÁ QUE ESTOU SENDO CHATINHA?

chato-no-whatsapp-300x300

Responda as questões abaixo:

  • Você manda mensagens para toda a sua lista de contatos por achar que vai interessar a todo mundo, por comodidade ou por costume?
  • Você manda frequentemente mensagens de “bom dia”, “boa tarde”,  “boa noite”, “boa semana”, “bom final de semana”, “boa quarta-feira chuvosa” etc.?
  • Você escreve mensagens sem pontuação nem acentuação?
  • Você manda áudios feitos em locais barulhentos?
  • Você manda longas mensagens entrecortadas, dando “enviar” a cada frase?
  • Você telefona, manda e-mail ou entra em contato pelas redes sociais cobrando resposta de suas mensagens não respondidas?
  • Você cria grupos e adiciona pessoas sem o consentimento delas?
  • Você fica chateada e até tira satisfação com alguém que tenha saído de um grupo que você criou?
  • Você manda mensagens antes das 8h da manhã ou depois das 22h?
  • Você retransmite correntes e notícias sem checar se são verdadeiras?

 

Diagnóstico

Se respondeu “sim” a alguma pergunta, cuidado! Nosso “chatômetro” indica que você pode pegar o jeito e correr o risco de se tornar uma chatinha. Corrija a rota enquanto é tempo!

 

COMO SE PROTEGER DOS CHATINHOS

8Estabeleça regras para você – não dá para fazer os chatinhos deixarem de ser chatinhos, mas dá para criar as suas regras para lidar melhor com a chatice.

Eu, por exemplo, não me obrigo a responder imediatamente, ainda que tenha visualizado a mensagem. Se estou ocupada e não é nada urgente, a pessoa vai precisar esperar, ainda que fique me cobrando. A responsável pelo bom uso do meu tempo sou eu.

 

 

celular-na-mãoMantenha horários – não respondo mensagens antes das 8h da manhã (mesmo que acorde às 5h) e nem após as 22h (mesmo que eu vá dormir às 3h da madrugada). Estou disponível 14h por dia, o que já é mais do que suficiente. Você pode perguntar: “mas e se for uma emergência?” Bem, o WhatsApp não é o melhor meio para comunicar emergências, concorda?

 

Não se prenda a grupos inúteis – quando alguém me coloca em um grupo sem pedir minha autorização – ainda mais se for um grupo que não me interessa – simplesmente me dou o direito de sair sem dar satisfações. Não me apego a coisas que vão me fazer apenas perder tempo, pois se eu não respeitar meu tempo, ninguém respeitará.

 

FUyNlE5xo7NIRrEihzIXSw9DaOGPbZJ4aowWeUfExWfXLdSnXfWv14cpe5y0twRi-silenciar-conversaSilencie e seja feliz – se você tem um contato sem noção ou precisa fazer parte de um grupo onde há chatinhos, silencie a pessoa ou o grupo, assim você recebe a mensagem, mas seu telefone não vai tocar. Para silenciar, basta clicar sobre o nome da pessoa ou do grupo e buscar a opção “silenciar” no menu que vai abrir. Você pode silenciar por 8 horas, uma semana ou até um ano. O silenciamento pode ser alterado a qualquer momento.  

 

COMO DEIXAR DE SER CHATINHA

Se você foi diagnosticada como chatinha e quer se “curar” desse mal, aqui seguem 5 regrinhas para começar:

  1. Direcione suas mensagens – não mande mensagens para todos os seus contatos, pois certamente vai chatear alguém que não tem o menor interesse no que você está enviando. Além disso, você pode ter pessoas do seu convívio profissional nos contatos que podem usar suas próprias mensagens contra você. Imagine incluir um colega de trabalho mal intencionado em uma mensagem com uma piada enviada em horário de trabalho? Ele pode mostrar aos seus superiores em um contexto negativo e, pronto, o estrago está feito!
  2. Em grupos – Evite mandar para o grupo todo mensagens que só interessam a alguns. Evite também  manter conversas paralelas. Prefira mandar a mensagem diretamente a quem interessa.
  3. Correntes, imagens “fofas” e notícias – imagine que uma pessoa tem 100 contatos no seu WhatsApp e que 20% deles resolvam mandar um “bom dia” todo santo dia. Ao longo de uma semana serão 140 mensagens que não farão o dia de ninguém ficar melhor! Correntes para ganhar um iPhone 8 que “acaba de ser lançado na Rússia”, digitar a senha ao contrário em caixas eletrônicos para chamar a polícia ou repassar uma imagem para 20 amigos para nunca mais ter que pagar a conta de telefone, são trambique puro. As pessoas estão cansadas de saber, mas mesmo assim, continuam repassando com a justificativa de que “vai que agora é verdade…” Não sabe se é verdade, não repasse.  Correntes e notícias falsas, além de criar um mal estar com as pessoas para quem você enviou, mandam sua credibilidade para o brejo!
  4. Não cobre, não tire satisfações e não busque resposta automática – mande sua mensagem da forma menos invasiva possível. Não dê “enviar” a cada frase, pois isso vai fazer o telefone da pessoa tocar diversas vezes. Se não houve resposta, aguarde. Se está se tornando urgente, ligue, mas não fique querendo saber porque a pessoa não respondeu. Respeite a privacidade das pessoas (se você quer que respeitem a sua também).
  5. Cuidado com os áudios – certamente eles ajudam muito quando estamos com as mãos ocupadas, ou se temos que explicar algo, mas se o áudio for longo demais, é sinal de que seria melhor uma ligação. E, se estiver em um local muito barulhento, prefira mensagens de texto.

Se você acha que esse post pode ajudar a eliminar – ou diminuir – a chatice do WhatsApp, compartilhe nas suas redes sociais! 😁

Nos vemos!

Jornalista com atuação no Brasil, Inglaterra, Argentina e Israel. Autora do best seller Bolsa Blindada e palestrante na Universidade de Harvard.

  • Helen diz:

    Graças à Deus não pertenço ao grupo de chatinhos. Mas infelizmente tem muitos por aí. Na minha opinião as correntes são as piores.Beijo.

    • leiliane diz:

      Verdade!

  • Karina diz:

    Adorei as dicas Paty, usarei para os chatinhos de plantão. A pessoas são sem noção, pensam que qualquer hora é hora de mandar mensagens.

  • Edilene da Silva Tavares diz:

    Bom dia Patricia! Estou tentando a mim organizar financeiramente, estou seguindo suas dica de como melhorar orçamento, e gostaria de saber sobre o bullet journe de agosto, quando irás postar? Obrigada

  • Cidalia-France diz:

    Olá Patty,boa tarde et obrigada pelo post.
    Nosso comportamento faz parte integral da nossa beleza , e o ” savoir vivre” como dizemos aqui , é nossa carta de visita.
    Uma coisa que sempre me preocupa, é contar as horas de diferença horária entre o pays para quem mando mensagem , até já deixei de lhe enviar meu comentário porque calculando a hora penso : não dá à Patty está dormindo 😀 😀
    Beijinho e boa semana para todas.
    Cidalia

    • Patrícia Lages diz:

      Que linda!! Pode mandar o comentário a qualquer hora, pois eu não recebo notificação e não incomoda em nada. Está tudo no silencioso e só vejo quando entro no blog. É um prazer receber suas mensagens!! beijos

      • Cidalia- France diz:

        Bien noté Queria 😀💐obrigada

  • MARIA RITA LAGES diz:

    Adorei esse post!!!! estou cercada de “chatinhos” rsrsrs

Seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatório são marcados *

*


Carreira Profissional

Cartão de Crédito

Investimentos

Pagamento de Dívidas

Faça uma busca no site:

Acompanhe também a Bolsa
Blindada nas redes sociais:


Receba todas nossas novidades!

Livros Bolsa Blindada:

Desenvolvido por: