Desafio dos 100 dias #9 – Sem forças para lutar?

Você se sente perdida diante das pressões que vêm de todos os lados? Não sabe mais o que fazer para sair da situação em que está? Não tem forças para lutar? Este post é para você!

BigaQuando estamos nos sentindo incapazes de realizar algo, nos achando a pior pessoa do mundo, logo vem aquele pensamento: “hoje estou me sentindo uma formiga!”

A comparação é muito comum, afinal, que relevância tem uma formiga? Qual é a sua força? Quem liga se há uma formiga a mais ou uma menos? Mas veja só o que o livro de Provérbios (30:24-28) diz sobre elas e outros 3 seres que ninguém dá muita bola:

“Quatro seres da terra são pequenos, e, no entanto, muito sábios: as formigas, seres de pouca força, contudo armazenam sua comida no verão; os coelhos, criaturas sem nenhum poder, contudo, habitam os penhascos; os gafanhotos, que não têm rei, contudo, avançam juntos em fileiras; a lagartixa, que se pode apanhar com as mãos, contudo, encontra-se nos palácios dos reis.”

Apesar de o autor do livro de Provérbios ser o Rei Salomão, quem escreveu os provérbios do capítulo 30 foi Agur, um professor descendente dos ismaelitas (e, portanto, árabe), vindo de uma tribo chamada Massá.

Veja como ele fez comparações super inteligentes. Ele não disse que as formigas são fortes (até porque, elas não são), mas que, apesar da fraqueza, elas precisam apenas do verão para armazenar comida para o ano inteiro.

E quando olhamos para um coelho, só pensamos que são fofinhos e meiguinhos, mas eles habitam penhascos. Já tentou andar num penhasco? Eu já, e “medrei”… hahahaha….! Definitivamente isso não é pra qualquer um…

E o gafanhoto, que qualquer ventinho varre do mapa? Que nada! Eles dão um jeito de continuar avançando, mesmo que ninguém tenha que ficar mandando.

A lagartixa então… nem precisa falar muito. Ninguém quer muita conversa, não conheço ninguém que queira uma lagartixa de estimação. Mas ainda que ninguém a queira em casa, ela pode entrar em palácios.

O que isso quer dizer é que: não importa se somos fracas, consideradas bobinhas, sem expressão ou desprezadas. Quando queremos e agimos em prol do que queremos, nós conseguimos.

Só querer não é poder, diferentemente do que diz o ditado. É preciso fazer algo, crer que conseguimos e não deixar que as palavras e os sentimentos de derrota encontrem em nós um solo fértil. Tudo o que ocupa a nossa mente tem que ser bom, o resto, a gente corta fora. Então, ainda que as palavras negativas sejam suas, jogue fora! Não dê ouvidos a elas. Se a formiga pode, por que você não poderia?

Desafio da semana: jogue fora tudo o que não presta. Limpe da sua mente, apague de vez, delete. Formate esse HD negativo e comece tudo de novo. E não é só querer. É querer e agir.

Agradecimento especial ao grande fotógrafo Biga Pessoa, autor dessa foto fantástica.

Nos vemos!

Jornalista com atuação no Brasil, Inglaterra, Argentina e Israel. Autora do best seller Bolsa Blindada e palestrante na Universidade de Harvard.

  • Adriana diz:

    Bom dia Patrícia! obrigada pelo post e se Deus nos deu essa oportunidade hoje, não podemos desperdiçar!!! foco, força, fé e ação! um passo de cada vez!

  • Sula Laiane diz:

    Esse foi o melhor café da manhã que Deus poderia me dar.

  • Naire Uriela diz:

    Olá n sou muito d comentar, ms leio seus posts…
    E hj n resisti pk esse falou forte comigo, pois semana passada me senti assim sem forças e vontade p continuar… Estava muito desanimada… Mas graças a Deus vou formatar o meu HD cm coisas positivas e continuar caminhando na fé… Abraços

    • Patrícia Lages diz:

      Legal! Aguardamos mais comentários! 🙂

  • Monalisa diz:

    Boa semana Patricia, que Deus te conceda mais sabedoria para que você nos escreva palavras sábias como essas do post e nos fortalecer espiritualmente!!! bjos.

  • GILVANA diz:

    Ótimo começar a semana assim, com uma mensagem tão motivadora. Obrigada!!

  • Regiane Cintia diz:

    Amei veio na hora certa no momento certo
    Obrigado por estes posts maravilhoso
    E uma otima semana

  • Mayara diz:

    Muito Bacana!As vezes não nos damos conta do quanto somos capazes quando lutamos por isso!

  • Cidalia -Tunisia( Africa do Norte) diz:

    Boa noite Querida Patty
    post de garra mesmo!!!
    Olha, com uma capitão como você ns nossa frente o Exercito das Blindettes vai arrazar!!
    É isso mesmo, vamos jogar fora Tudo o que nos tem atrapalhado !!
    Já vou passar adiante estes conselhos …
    Beijinhos de nòs todas e todos (sim Querida mais 1 Blindado monsieur no grupo da Tunisia!!

    • Patrícia Lages diz:

      Mais um blindado?? Que ótima notícia

  • Adriana diz:

    Oi,

    Quando vejo fotos da estante das pessoas, vejo se tem algum livro que eu também tenho.

    A Thais, do blog Vida Organizada, postou essa foto no Instagram… e olha o Bolsa lá na estante dela.

    Bjs

    Adriana

  • Adriana diz:

    Esqueci o link da foto… http://instagram.com/p/veXSM2vnEy/

    • Patrícia Lages diz:

      Que legal!!

  • Vanessa (Shenzhen-China) diz:

    Arrebentou!!!

  • Vânia Maria Gabriel de Souza diz:

    Mais uma vez obrigada, Paty!
    Beijos

  • Daiana Schemes (Rio Grande do Sul) diz:

    Boenas!

    Valeu Pati, vamos lá a ordem agora é faxinar 😉
    Grande bjo guria.

    • Patrícia Lages diz:

      Guria, tava com saudade de ti. Sacramento!! 😀

  • Dayanne diz:

    Valeu Patricia,tava precisando de algo que fizer abrir a mente e seguir em frente..

  • monica diz:

    Boa noite Paty. Parabéns. Amei este post. E gracas a Deus chegou na livraria meu livro Bolsa Blindada 2. Toda semana eu dava uma passadinha na livraria. A moça ja devia estar cansada de ver meu rosto e anotar meu celular. Mas foi nesta persistência que nesta semana cheguei e la estava minha encomenda. Ja devorei ele em algumas horas e estou lendo novamente pra dai poder empresta-lo. Ja tem muita gente de olho. Estou incentivando o povo a adquirir também, aprender a investir em si. Bjs e que Deus continue te capacitando a cada dia para nos ajudar.

    • Patrícia Lages diz:

      Que bom! Vai arrebentar!!

  • Leila Sousa diz:

    Bom dia, Paty!
    Maravilhoso esse post, caiu como uma luva para mim…
    Estou numa fase onde tudo parece que vai dá errado…kkkk ! Moro longe da minha família e a única pessoa que eu tinha como próxima acabamos nos desentendo, de inicio minha vontade foi voltar pra casa e dizer pra minha mãe não vi mais morar comigo, que eu ia, sair do meu emprego, trancar a faculdade e que ia embora pra casa e continuar com a mesma vidinha de sempre…(aluguei uma casa maior ($$) para minha mãe e meu irmão virem conhecer a cidade onde moro e ficarem de vez por aqui,que é mais desenvolvido em tudo e tem IURD.)
    De inicio me doeu muito, por ser alguém que eu gosto muito e por não ter mais alguém pra “contar” e vice-versa, mas, eu vi que foi algo muito bom, e que nem toda ajuda é ajuda! Pra quê ter gente negativa, que tudo é difícil, que reclama de tudo, que até é capaz de nos convencer que é melhor ficar em casa vendo tv do que arregaçar as mangas e ir a luta?
    É ruim viver longe de casa, mas pior é quando somos bombeados por palavras negativas de pessoas que nunca foram felizes e nem fazem nada para ser, e ainda vira inimiga quando tentamos lhe abrir os olhos, pois foi o que fiz mandei parar de reclamar!kkkk
    Abriu tanto os meus olhos esse desentendimento que estou deletando tudo e todos da minha vida, que mesmo sem nem perceber são negativismo puro. E sabe? Não tenho mais chorado quando explode uma bomba nova, nem me sentido coitadinha mesmo com o turbilhão que coisas que tem me acontecido…
    Ainda que sejamos fortes essas coisas ficam na nossa mente e enquanto ficamos “matutando” o tempo passa com suas oportunidades e depois não adianta reclamar com Deus.
    Como o próprio Bp Macedo diz: Ou é ou não é!
    Fácil não é, mas é possível e se realmente queremos chegar nos nossos objetivos teremos que sacrificar de todos os lados, e isso dói, né?!!

    Bjinhos,
    Desculpa escrever demais…:D
    Leila.

    • Patrícia Lages diz:

      Antes só do que mal acompanhada. Vá na sua fé!

  • Vilma diz:

    Preciso ingerir isso dentro de mim…porque tem situações que culpo meu esposo por ele não ser econômico…e as vezes acho que uma andorinha não faz verão.
    A sensação que tenho é que tenho andado pra trás ou to no mesmo lugar.

  • Monica Silva Henrique diz:

    Bom dia Patricia. Estou precisando mesmo de ajuda. Help
    Neste ano um dos meus objetivos era emagrecer queria emagrecer 24 quilos. Comecei em Março de 2014 uma reeducação alimentar, me disciplinei e graças a Deus e a minha força de vontade emagreci 23 quilos e ainda estamos a poucos dias de fechar o ano, vou conseguir minha meta, inclusive no meu trabalho, na minha igreja ja consegui ajudar outras mulheres e elas já emagreceram 10,12, 14 quilos. O outro sonho grandioso que tinha e ainda tenho é sobrar meu salário, poupar, e não ter empréstimos, dividas, sei que tudo isto você ensina e muito bem nos seus livros. Mas preciso me disciplinar assim como foi na reeducação alimentar, antes que algumas coisas sejam tarde demais. Gostaria muito que meu esposo começasse a ter orgulho de mim nesta area. Vc tem como me responder minha amada, eu tinha o email pessoal mas perdi com a formatação do computador perdi algumas coisas. Beijos e uma terça feira abençoada à voce e a todas as blindetes.

    • Patrícia Lages diz:

      Monica, em primeiro lugar, parabéns pela sua força de vontade em perder tanto peso. Você perdeu metade de mim!! Hahahahahaha E sobre a disciplina financeira, basicamente é o mesmo conceito da reeducação alimentar. Não é algo que vc vai fazer agora e parar depois, mas que deve levar para a vida toda. Me dá uma ideia no que eu posso te ajudar: vc leu o Bolsa 1 ou o 2? O que vc gostaria de saber mais? Bjs

  • Monica diz:

    Bom dia Patricia, eu li seus dois livros, e sempre estou relendo novamente, mas cai em algumas armadilhas da vida, como limite do cheque especial, cartao de credito, e sinceramente 2015 quero ver se consigo viver sem eles, pois se ate sem refrigerante e sem frituras eu vi que posso viver, então acredito que não será diferente né. Já li até o livro antes que as dividas nos separem, pois este é o maior problema do meu casamento, mas ai que conheci seus livros, sei que esta caminhada vai ser um pouco longa, pois tenho tantos projetos e nenhum deles consegui tirar do papel ainda por conta das dividas. Terminar a construção da minha casa que com uns 10.000,00 eu termino, pagar estas dividas e poder ver meu dinheirinho sobrando. Cada vez que leio seu livro me da um UP, parece que tudo vai dar certo, dai em certo momento do mes, principalmente no dia do pagamento, parece que aquela força toda vai por agua abaixo. Tinhamos planos de viajar final de ano, gastar nosso 13º ferias tudo conosco, mas estes dim dim acabaram tomando outro rumo, o dos cartões de credito, limite, e todo ano acaba sendo assim, sei que isto cansa e muito, e eu e meu esposo estamos bem tristes e cansados com isto, por falta de planejamento nosso mesmo. Sei que Deus vai me ajudar a sair desta situação. E voce já tem sido um grande instrumento DELE em nossas vidas Patricia. Obrigada pela sua atenção.

    • Patrícia Lages diz:

      Oi, Monica. Veja no livro a parte que fala sobre negociação de dívidas e faça isso ainda neste ano. Não fique pagando juros de cheque especial e cartão. Negocie já! Bjs

Seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatório são marcados *

*


Carreira Profissional

Cartão de Crédito

Investimentos

Pagamento de Dívidas

Faça uma busca no site:

Acompanhe também a Bolsa
Blindada nas redes sociais:


Receba todas nossas novidades!

Livros Bolsa Blindada:

Desenvolvido por: