Crianças em casa com economia!

As férias estão chegando e, com elas, vem a pergunta: o que fazer com as crianças sem gastar uma fortuna? Neste post vamos sugerir tarefas para você deixar de gastar em vez de gastar mais!

Criança em casa pode significar ajuda e corte de alguns gastos e não necessariamente mais despesas. Saber como incluir as crianças nas tarefas domésticas pode render um rico aprendizado para elas e mais tempo para você passar com a família.

(Link para passeios diversos para crianças em SP: clique aqui!)

Dar tarefas e recompensar as crianças quando as cumprem é uma dinâmica cada vez mais indicada por psicólogos, pois além de fazê-los sentirem-se parte da família, exercita a independência e pode colaborar para que, futuramente, sejam adultos mais confiantes, seguros e responsáveis.

Mas quais tarefas dar às crianças? Como saber o que elas podem fazer de acordo com sua idade? Como recompensá-las? Para ajudar a encontrar essas respostas, levantei algumas pesquisas e preparei algumas sugestões por faixa etária.

Além das tarefas de ajuda na arrumação da casa incluí uma tarefinha para a criança desenvolver sozinha e que traga satisfação à ela. Assim, seu filho aprende que recolher brinquedos pode ser tão legal e gratificante quanto desenhar, por exemplo. Confira!

3 anos

  • Recolher brinquedos e guardá-los em uma caixa (customize uma caixa junto com seu filho!)
  • Trocar de roupa com pouca ajuda (parabenize a cada peça que ele vestir, mesmo que seja ao contrário!)
  • Desenhar (elogie, pendure o desenho na parede!)

4 anos

  • Ajudar a fazer a cama (vai ser a primeira tarefa do dia que você farão juntos!)
  • Tirar o pó de móveis baixos (em vez de dar uma flanela, coloque meias velhas nas mãos da criança!)
  • Pintar (elogie, pendure a pintura na parede!)

5 anos

  • Fazer a cama sozinho (vá verificar quando ele terminar e elogie!)
  • Pagar pequenas compras (fique de olho no troco!)
  • Criar uma história para apresentar à família (aplauda, peça bis!)

6 anos

  • Usar o aspirador (ele já é grande para usar um eletrodoméstico barulhento!)
  • Montar um sanduíche (peça um pedaço, faça uma foto e ponha nas redes sociais!)
  • Montar quebra-cabeça (uau, ele já tem uma ótima coordenação!)

 7 anos

  • Levantar e ir dormir no horário sem os pais mandarem (já é um(a) mocinho(a)!)
  • Lavar louça com supervisão (elogie o cuidado que ele tem para não quebrar nada!)
  • Apresentar um teatrinho para os pais (aplauda, peça bis!)

8-9 anos

  • Varrer (diga que nunca viu um chão tão limpo!)
  • Passar pano no chão (elogie o cheirinho de limpeza!)
  • Tempo para leitura (peça para ler em voz alta e vibre com seus avanços!)

10-11 anos

  • Lavar e secar a louça (a mamãe tem um grande ajudante em casa!)
  • Ajudar nas compras do mercado (diga o quanto você gosta de ter companhia nas compras!)
  • Escrever uma história (incentive a criatividade do seu filho, não há certo e errado, apenas criatividade!)

Como recompensá-los?

Crianças com menos de 5 anos – ou que ainda não saibam contar – podem ser recompensadas com um “quadro semanal de incentivos” a ser preenchido com estrelinhas, coraçõezinhos ou outras figuras de papel, tecido ou até um carimbo em um formato que seu filho goste. Você preenche com as tarefas e, cada vez que seu filho cumprir, ganha um incentivo. Preenchendo o quadro semanal a criança ganhará uma recompensa combinada previamente (passeio, brinquedo, jogo ou atividade a escolher). Veja exemplos de quadros:

painel-de-rotina-atividades

screen-shot-2016-12-01-at-00-26-30

screen-shot-2016-12-01-at-00-26-37

As recompensas em dinheiro já podem começar a ser dadas quando a criança reconhece as notas e tem noções de matemática para compor valores. Uma tabela que fez muito sucesso na internet é essa abaixo. Estude as tarefas e valores e prepare a sua!

regras-mesada

Mas você pode estar se perguntando: como vou economizar com criança em casa se for recompensá-la com dinheiro? E a resposta é: de várias formas! Uma delas é economizar com as despesas de uma diarista, por exemplo. É claro que, dependendo da idade do seu filho e da sua rotina, dispensar a diarista pode não ser uma opção. Porém, quando a criança passa a colaborar, a quantidade de serviços domésticos pode diminuir e, consequentemente, você pode tirar uma ou duas diárias no mês.

Fora isso, quando você tem um colaborador dentro de casa, tem alguém que zela pelas coisas, ocasionando menos mau uso de eletrodomésticos e outros objetos, fazendo com que as quebras ou avarias diminuam. Isso significa mais dinheiro no bolso!

Para terminar, com as tarefas e recompensas, ficar em casa não será algo chato e você diminui a necessidade de sair toda hora, o que, obviamente, sempre traz gastos.

Você já implantou tarefas em casa ou conhece alguém que tenha feito? Quais foram os resultados? Tem mais ideias de tarefas? Então colabore e deixe a sua sugestão!

E não se esqueça de cadastrar-se aqui no blog para receber todas as nossas novidades.

Cadastre o seu e-mail agora!
Cadastre o seu e-mail abaixo e receba todas as nossas novidades!

Nos vemos!

Jornalista com atuação no Brasil, Inglaterra, Argentina e Israel. Autora do best seller Bolsa Blindada e palestrante na Universidade de Harvard.

Categoria: Crianças
  • Cristina diz:

    Não tenho filhos,mas adorei a idéia!Tenho preguiça de mães que tem muita “peninha”de educar as crianças pra vida,acho que isso é uma regra básica!Educação vem de casa!Parabéns pelo post Paty,e pelo novo livro tbm,já vou incluir na minha lista de amigo oculto rsrs

  • Karla Nathane diz:

    Olá Patrícia, moro em Goiânia tenho duas filhas e nas férias sempre aproveitamos eventos gratuitos, antes pensava que por ser gratuitos deviam estar lotados e etc… mas me enganei, muitas pessoas não tem acessos as informações, outras não tem tempo e muitas vezes até acham que são eventos ruins por serem gratuitos (grande ignorância), eu aproveito os dias no meio da semana que estou desocupada para fazermos esses passeios, pois tem menos pessoas. Já fomos em piscinas de bolinhas gigantes, teatro, pintura no rosto, e vários eventos culturais gratuitos. Inclusive para sábado já temos um teatro em um shopping, tudo gratuito inclusive estacionamento. Blindando sempre!!

  • Andressa diz:

    Meu filho tem 5 anos e sempre me ajuda a arrumar a cama. E por sinal arruma muito bem.
    Agora nas férias vou ensiná-lo coisas novas como varrer a casa e passar pano nos móveis. Ele com certeza irá gostar pois sente prazer em me ajudar e além de aprender a ajudar nas tarefas de casa estaremos juntinhos por mais tempo.

  • Sandra Fonseca diz:

    Nossa que demais essa matéria. ..
    Parabéns Patrícia. ..

  • Juliana diz:

    Paty achei muito legal o seu post, mas tenho uma dúvida? fazer esses incentivos em dinheiro não vai formar na cabeça da criança a ideia de que ela tem que ser recompensada por fazer as coisas certas? ela não deveria fazer o que é certo (no caso ajudar em casa) independente de recompensa? Abs,

    • Patrícia Lages diz:

      Os incentivos servem para que a criança veja que fazer o que é certo vale a pena. Se vc trabalhar com elas dizendo que fazer o certo não vai além de uma obrigação, que incentivo ela terá? E, como mencionado no post, esses incentivos não são apenas dinheiro. Beijos!

  • kelly diz:

    Amei o post, muito muito útil Parabéns!!
    Eu uso as regras da mesada, mas eu não coloco nas regras coisas que fazem parte da criação e obrigação dela, por exemplo:
    -Não reclamar
    -Não falar palavrão
    -Não brigar
    -Não responder
    isto tem que fazer parte da educação da criança, ela tem que me respeitar por que eu sou mãe dela, ela tem que ser educada por que foi criada assim, e não pq será recompensada por isto. Estes atos não vedem ser atribuídos ao lado financeiro, pois na vida ela será respeitado por suas atitudes, por ser responsável e não pq faz isto para ser recompensado.
    , Agora tudo que envolve custo aí sim eu concordo: Luz ligada, torneira aberta, desperdício, descuido com material escolar e etc tudo que tenha um custo, eu sou a favor de fazer as crianças dividirem esta responsabilidade com os pais.

Seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatório são marcados *

*


Carreira Profissional

Cartão de Crédito

Investimentos

Pagamento de Dívidas

Faça uma busca no site:

Acompanhe também a Bolsa
Blindada nas redes sociais:


Receba todas nossas novidades!

Livros Bolsa Blindada:

Desenvolvido por: