Bolsa Blindada Responde – Dinheiro X Relacionamento

Hoje vamos responder as dúvidas de 2 leitoras, que perguntam: O que é juntar os orçamentos? Meu marido não aceita juntar as contas, o que faço? Confira!

BB_respondeEstas têm sido as dúvidas de muitas leitoras:

1) O que é na prática juntar os orçamentos?

2) Meu marido não aceita juntar as contas dele com as minhas. Já fiz de tudo para termos um único orçamento e não sei mais o que fazer!

Para ouvir as respostas, clique aqui. E se desejar enviar a sua pergunta, pode deixá-la aqui mesmo nos comentários ou mande-nos pela tag “Contato”. Não precisa se identificar se não quiser, OK?

Se você quiser se cadastrar aqui no blog para não perder nenhum post, coloque aqui o seu e-mail

Cadastre o seu e-mail agora!
Cadastre o seu e-mail abaixo e receba todas as nossas novidades!

Nos vemos!

 

Jornalista com atuação no Brasil, Inglaterra, Argentina e Israel. Autora do best seller Bolsa Blindada e palestrante na Universidade de Harvard.

  • Jessica diz:

    Patricia minha duvida e a seguinte, tenho um salão de beleza na zona leste de são paulo, gostaria muito de fazer o curso de visagismo ( unicsul, anhenbi morunbi que tem esse curso)
    E gostaria que me tira se a duvida, alem do conhecimento oque mais eu irei adiquirir nesse curso caso eu faça, pq não fiz ainda por essa duvida obrigada bjssss
    Obs: estou lendo seu segundo livro pagina 202.

    • Patrícia Lages diz:

      Oi, Jessica. Eu não conheço esse curso, então não tenho como responder… 😀

  • Priscilla Santos diz:

    Patrícia, boa noite! Lendo seu livro “Bolsa Blindada 2” vi que na parte “Realizando sonhos” vc orienta como adquirir determinados bens. Senti falta de orientação sobre como adquirir a casa própria.
    Bem, gostaria então de sua orientação sobre isso. Meu esposo tem um terreno (adquirido na época de solteiro) num bairro “pobre” de uma cidade distante de onde trabalhamos e moramos (de aluguel) atualmente. Sinceramente, não gostaríamos de construir nossa casa nesse local. Então nos surgiu a ideia de comprar um apê, no entanto, todos os apês da nossa cidade são extremamente caros (se comparados com o que gastaríamos para construir a casa) e pequenos (os “menos caros” onde queremos giram em torno de 300 mil com 60 m2!!). E para finalizar, não temos nenhum valor de entrada (que para esses apartamentos, se não me engano, seria necessário pelo menos uns 30 mil entre entradas e intercaladas).
    Minhas dúvidas: vendo o terreno para ter um valor de entrada? Ou seria melhor conservar o terreno como um bem e buscar a entrada de outra forma?
    Outro detalhe: não temos como conseguir o apê pelo Minha Casa, Minha Vida porque somos concursados (recentes). E eu não gostaria de demorar muito juntando dinheiro porque já tenho 27 anos e quero ter meus filhos sem estar pagando aluguel!!!
    Entende meu drama? rsrsrsrsrsrsrsrs

    • Patrícia Lages diz:

      Olá, Priscilla. Na verdade não vejo muito drama na sua situação, não! Se vcs não querem construir no terreno, não há motivos para mantê-lo, é um dinheiro parado à toa. Vendam e usem o valor para a entrada do apartamento. Pesquise sobre financiamento habitacional, principalmente nos bancos públicos, pois geralmente têm melhores opções e juros mais baixos.

      • Priscilla Santos diz:

        Ah, muito obrigada! Vou conversar com meu esposo, então. Estou amando seu livro. Comecei pelo 2, agora vou para o primeiro. rsrsrsrsrs

  • Nilciane Santos diz:

    Oi gostaria de saber como economiza pois gasto muito

  • Roselene Pereira Reis Oliveira. diz:

    Olá Patrícia. Tenha certeza que esse vídeo me ajudou demais. Pois, eu sempre me perguntei o que é juntar os orçamentos. Eu tinha o mesmo pensamento desta amiga. Que bom que vc me deu a oportunidade de aprender. Agradecida. Beijos.. Roselene de BELO HORIZONTE. MG.

  • P.S.S diz:

    Meu maior problema no casamento é justamente financeiro. Esse é o único motivo de nossas brigas. Sou muito descontrolada, ao contrario do meu esposo que é super organizado, porém venho tentando mudar. Infelizmente sinto que ele já não acredita tanto na minha mudança, e sempre que converso sobre decisões que quero tomar financeiramente falando, acabamos brigando. E muito complicado, ele é muito individualista. Não faço ideia do quanto ele ganha e é muito reservado comigo em relação a isso. Já eu sou super transparente com ele. Queria saber como devo agir para evitar tantas brigas por conta de dinheiro.

    • Patrícia Lages diz:

      Amiga, pode ser que seu marido não queira dividir contigo as finanças dele justamente por causa do seu descontrole. Você contaria onde guarda os doces para uma criança que comeria tudo descontroladamente até passar mal? Primeiro você precisa realmente mudar (e não só falar que vai mudar) e ser uma pessoa controlada. Se vc adquirir controle das suas finanças o assunto não será mais motivo de brigas e vc recuperará a confiança do seu marido. Bjs!

  • Joselene Lima diz:

    A questão do casal ter que juntar o dinheiro realmente é muito importante! Separar as contas realmente distancia e dar o dinheiro todo na mão do parceiro realmente não é legal, isso acarreta a responsabilidade para apenas uma das partes, o que não é bom. Esse post tem razão em tudo, digo isso por experiência própria e desastrosa, que resultou em divórcio. Parabéns Patricia pelos conteúdos do seu blog que tem instruções valiosas e muito discernimento espiritual. Que O Senhor continue te abençoando sempre!

    • Patrícia Lages diz:

      As experiências – ainda que desastrosas – sempre nos ensinam algo de bom! Obrigada por estar sempre com a gente 😀

  • caryna diz:

    boa tarde!
    Estou quase a dar o passo serio de ter um relacionamento namoro mas ele diz que quer esperar pq esta sem dinheiro e quer pagar algumas dividas ,o que vc acredita.

    • Patrícia Lages diz:

      Oi, Caryna. Fica difícil dar uma opinião só com essas informações, mas me parece estranho que ele queira primeiro pagas dívidas para depois começar a namorar… Se fosse para casar eu até entenderia, mas esperar para namorar me parece estranho. A não ser que eu não tenha entendido o que vc escreveu 🙁

  • Michelle santos diz:

    Patrícia estou sua primeira edição e tenho uma pergunta . Eu faço o cabelo toda semana, e de dois em dois meses faço alGO mais específico mais fazendo as contas aqui percebi que estou gastando um pouco . MinhA depilação também. E feita no sala uma vez a mês. O que faço para economizar . Não estou me sentindo confortável em abrir mão dessas duas coisas cabelo e depilação em salão ?

    • Patrícia Lages diz:

      Olá, Michelle. A ideia não é que vc abra mão do que gosta para economizar, mas sim, que corte ou diminua aquilo que vc está desperdiçando ou que não tem tanta necessidade. O que não é legal é vc gastar numa coisa enquanto precisa de outras. Faça sua análise e boa economia!

Seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatório são marcados *

*


Carreira Profissional

Cartão de Crédito

Investimentos

Pagamento de Dívidas

Faça uma busca no site:

Acompanhe também a Bolsa
Blindada nas redes sociais:


Receba todas nossas novidades!

Livros Bolsa Blindada:

Desenvolvido por: