Ansiedade: quero tudo de uma vez!

Já perdi as contas dos e-mails que recebo de mulheres listando dezenas de coisas que têm (ou acham que têm) que fazer, mas terminam dizendo: “no fim, não faço nada”. O que fazer, afinal?

imageSó de ver o tamanho do e-mail já posso perceber o grau de ansiedade. Palavras escritas pela metade, sem nenhum acento, sem pontuação que, às vezes, deixam a mensagem praticamente sem sentido. Fica até difícil responder, pois nem sempre dá pra entender o que a pessoa quis dizer ou qual tipo de ajuda quer.

Não é incomum ler um enorme desabafo terminando com a frase: “Aguardo ansiosamente sua resposta”, mesmo sem ter feito nenhuma pergunta!

Trata-se da ansiedade estampada em cada palavra do texto confuso e desesperado. Muitas mensagens vêm com uma lista de coisas que a pessoa diz que PRECISA fazer PRA ONTEM e pedindo que eu RESPONDA COM URGÊNCIA!!!!! Escrito assim mesmo, em maiúsculas e cheio de exclamações, o que sempre me dá a impressão de que a pessoa está GRITANDO comigo…

A única resposta que posso dar é que a ansiedade não vai ajudar em nada, inclusive porque ela emburrece. Isso mesmo, emburrece (com perdão da palavra). Veja aqui um exemplo que não chega a ser dos piores:

Patricia Lage precizo URGENTEMENTEMENTE falar ingle e espanhol FLUENTEMENTE ate setembro deste ano porque meu emprego estar em jogo e precizo entra no curcinho prevestibular porque ano que vem tenho que comessa a facul e quero passra mais tempo com meu filho que reclama que que a mae dele nunca estar em casa e meu marido estar achando ruim do bebe fica todo dia com minha mae ate atrde. O que faço min ajuda por favorespero a resposta URGENTE porque nao poço espera mais obrigada”

Não quero levantar a questão gramatical nem os erros de digitação da mensagem acima, mas sim o grau de ansiedade que emburrece. Quem em sã consciência definiria uma lista de afazeres como esta? Como querer aprender a falar com fluência dois idiomas quando mal se fala (ou se escreve) o seu próprio? Como querer ficar mais tempo em casa com o filho quando se quer estudar três coisas diferentes em questão de poucos meses? É totalmente incoerente, fruto da ansiedade absurda que assola grande parte das mulheres.

imageQuando simplesmente questiono COMO a pessoa pode querer coisas tão diversas em um período tão curto de tempo e se acha mesmo que é possível realiza-las, geralmente elas “justificam” culpando a ansiedade. Mas sabe o que é mais estranho? É que entre o tempo em que recebo e respondo a mensagem (que pode ser de um dia para o outro ou em questão de algumas horas) a pessoa me escreve dizendo que nem se lembrava de ter me mandado aquele e-mail!

Como pode uma pessoa estar tão ansiosa a ponto de pedir ajuda “URGENTE!!!!” e depois de algumas horas já nem se lembrar mais?

O que quero dizer, amiga blindete, é que a ansiedade é um sentimento enganoso. Ela é capaz de desespera-la por nada, a ponto de fazê-la tomar atitudes bobas e sem sentido. Por isso, quando listar tudo o que deve fazer, seja coerente e realista e não inclua o impossível!

Faça o que é possível em questão de tempo e dinheiro e, ao ver que não dá pra fazer tudo de uma vez, PRIORIZE. Essa é a palavra que deve estar em maiúscula na sua mente, assim, você não terá mais que sofrer com a URGÊNCIA das coisas que podem esperar.

Nos vemos!

Jornalista com atuação no Brasil, Inglaterra, Argentina e Israel. Autora do best seller Bolsa Blindada e palestrante na Universidade de Harvard.

  • Rosemar Campos diz:

    Excelente texto Patrícia! Sábias palavras! Venho praticando isso em minha vida e realmente dá resultado. Ao aceitar que não posso fazer tudo e priorizar algumas coisas, fico mais tranquila e for fim realizo muito mais tarefas, sem nem perceber.

  • Rosana Ribeiro diz:

    Adorei suas palavras.Bom dia.

  • Luciana S da Silva diz:

    Bom dia Paty, sabe que é bem verdade isso. Muitas vezes ja me peguei assim…anciosíssima e depois ia ver que era pura bobagem, que nem precisava todo aquele desespero!!! Se não nos policiarmos acabamos pegando muito nosse sentido até porque a bíblia nos fala que não podemos andar ansiosos …muito obrigada! a partir de agora vou priorizar o que é mais importante e não dar tanto crédito para coisas secundárias.

  • Vânia Maria Gabriel de Souza diz:

    Bom dia, Paty!
    Gostei do seu texto! Bem, acho que não sou assim…
    Comigo acontece que sou muito nervosa e chorona por me sentir incapaz de compreender as circunstâncias, diante de situações que nem dependem de mim tomar esta ou aquela decisão… mas por estar envolvida na mesma, começo a pensar que sou a culpada por tudo!
    Mas olha, é só um desabafo, tá? A cada dia vou resolvendo estas coisinhas!
    Beijos!

  • Paula Campos diz:

    Valeu o conselho Patricia, obrigada.

  • Cidalia-Tunisia-Africa do Norte diz:

    Bom dia Patty,
    Sim tudo começa da nossa organisaçåo do dia a dia..Seus conselhos são sábios, aplicados darão certamente lindos frutos .
    Preparaçao para aquilo que se deseja alcançar nos faz chegar là sem stress.
    Bizous Querida

  • Josy Santos diz:

    Eu já fui mais ansiosa e queria fazer tudo de uma só vez, mas com o tempo se percebe que não é possível, pois sai tudo mal feito no final. Ainda tenho um defeito a ser resolvido e que muito me atrapalha: a procrastinação. Mas já estou procurando analisar do porquê sou assim.
    Agora faço uma coisa de cada vez e aprendi a dizer não.
    Como você disse em seu post, falta-nos, às vezes, coerência e priorização em nossos desejos e tarefa.
    Beijos e sucesso a todas!!

  • Susie diz:

    Muito bom, mas realmente essa escrita é terrível! rs Parabéns pelo texto.

  • Sheila Macena diz:

    Realmente a ansiedade é um sentimento enganoso, vivemos em um sociedade tão imediatista que necessitamos redobrar os cuidados com a ansiedade para não sermos “enterradas” com tantos afazeres. Obrigada pela reflexão.

  • Carla Cristina diz:

    Bom dia, Patrícia. Sábias palavras, queremos tantas coisas em tão pouco tempo, que não sabemos o que realmente é prioridade na nossa vida! Muito obrigada, mais uma vez, por ser tão paciente. Um super abraço.

  • Gisele Roberta Mantovani Santana diz:

    Bom dia Patrícia, te acompanho todos os dias.
    E você tem me ajudado a cada dia.
    Obrigada.
    Beijinhos

  • Lucia diz:

    É a correria do dia a dia que faz tirar o foco do que realmente é importante, ou seja, priorizar. E ter o cuidado para realizar as melhores escolhas, não esquecendo que os filhos precisam de um cuidado maior. A ansiedade não permite fazer as melhores escolhas e prejudica a nossa saúde e os nossos relacionamentos. Realmente vale a reflexão da postagem de hoje. Excelente!

  • Marcia Barcelos diz:

    Bom dia. Que texto esclarecedor. Prioridade é fundamental. Graças à Deus tenho pouco a pouco organizado meu dia-a-dia com a prática desta palavrinha “prioridade”. Suas orientações tem me auxiliado muito unindo a outros blogs que tenho lido (Bp. Macedo, Bp. Renato e dna. Cristine Cardoso). Obrigada! Vamos em frente, vamos na fé.

  • Fernanda diz:

    É como dizem não dá para assobiar e chupar cana ao mesmo tempo, creio que a pessoa que mandou o e-mail não sabe direito o que quer da própria vida, tem muitas coisas que também quero fazer, alias, que mulher não tem vários sonhos?
    Mas além das suas sábias palavras orientando sobre priorizar que é super importante, sugiro que a amiga que mandou o pedido de ajuda deve também parar para olhar para si e não se comparar com os outros, cada um é cada um, não é porque no trabalho dela tem alguém cursando faculdade ou porque o chefe disse que ela tem que fazer, que tem que sair fazendo, existem coisas importantes, como casamento e filhos, eu pelo menos tenho o seguinte pensamento: de que adianta ter uma mega carreira, falar não sei quantos idiomas, ter isso ou aquilo e envelhecer sozinha?
    Trabalho, estudo, luto como todas as mulheres, mas se eu precisar deixar de estudar ou trocar de emprego por causa do meu casamento ou de um filho, eu não vou negar esta atitude.
    Primeiro Deus e ai vem meu marido, meus familiares e depois trabalho e o resto.
    É bom ela ouvir o marido dela, que não quer um filho criado pela avó, mas sim pela mãe. Ele casou para ter esposa e não uma funcionária eficiente na empresa de outra pessoa. Acorda amiga!
    Dinheiro e prestigio é bom, mas não compra uma família.

  • Aurilene Maciel diz:

    Apoiada,ter pessoas que precisa mesmo em vez e quando um semancol! Por isso que te admiro muito Paty,sempre muito sábia! arrasou! 🙂

  • Regina Miranda diz:

    Sábias palavras Paty….
    Mas uma coisa não entendo, como pode as pessoas entregarem tanto as decisões de suas vidas nas mãos alheias? Seus conselhos são ótimos Paty, mas não podemos descarregar nossas frustrações e dúvidas como “caso ou compro uma bicicleta” nas suas costas, você já tem seus próprios problemas pessoais.
    Ainda bem que você está sempre disposta e com muita paciência para atender as leitoras.
    Mas fica uma dica…..Não devemos cobrar respostas URGENTES das pessoas sobre algo que nos aflige, pois elas não tem obrigação alguma de lidar com nossos problemas, o fazem por uma questão de generosidade, como a Patricia tem feito aqui no blog.

    • Patrícia Lages diz:

      Oi, Regina. Obrigada pelas palavras. O que vc fala sobre entregar as decisões em mãos alheias é um perigo enorme. Já recebi e-mails tão desesperados que me preocupa que frases como: “se vc disser que é hora de eu ter um filho eu engravido já!” caiam na mão de pessoas aproveitadoras… Vamos pensar com a nossa própria cabeça, é o que digo todo santo dia! Bjs

    • Danielle friash diz:

      Regina Amei seu comentario!!

  • Adriana diz:

    Foi por essas e outras que parei de deixar comentários esquisitos nos blogs que sigo (o da Cris, então… se eu pudesse deletar alguns, deletaria). Aqui também deixei uns comentários que, nitidamente, nota-se que eu não estava refletindo.

    • Patrícia Lages diz:

      Faz parte do nosso crescimento, Adri. Vc pensa que eu tb já não deixei comentários esquisitos? O importante é o que aprendemos, por isso é que continuo trabalhando, porque sempre tem gente que vale muito a pena!! 😀

  • Isabel diz:

    Chega até ser engraçado, mas é a pura verdade.
    Não da para fazer tudo o que preciso ou gostaria de uma vez.
    Fazer o que é possível em questão de tempo e dinheiro. Gostei do PRIORIZE.

  • Brenda diz:

    Paty, querida você não faz a diferença, na verdade você é a diferença, por causa do talento que Deus te deu em desenvolver um trabalho tão transformador, que é na mente das pessoas, isso é plenamente aceitável em minha vida, por isso desde que a conheci eu já tinha idéias parecidas com a sua,mas você veio completá-las, em tudo que escrevo e em tudo que posto para meus amigos nas redes sociais,tem uma pitada de suas idéias que confesso são brilhantes. Portanto, desejo te acompanhar digamos até o fim mesmo, te adoro,te curto e desejo tudo mesmo de bombom, pois essa mensagem é mesmo mais especial que: “Hotel 5 estrelas”. Parabéns

    • Patrícia Lages diz:

      Obrigada, querida! 😀

  • Daniela diz:

    Muito bom! Obrigada pelos sábios conselhos Paty! Deus continue te abençoando …

  • Paulliane Santos diz:

    Nossa!!!!
    Não foram poucas as vezes que me vi envolvida com esse sentimento. Principalmente quando chega o dia de pagar as contas, as pessoas me procuram e eu sem o dinheiro para paga-las. Já fiz tantas bobagens movida por esse sentimento. Mas estou buscando a Deus e graças a minha fé, toda ansiedade tem se transformado em paz!

  • Raquel Macedo diz:

    Uau, chega a dar um cansaço só de ler a mensagem desta moça, parece que ela está sufocada por tantos afazeres, é algo tão crítico que ela não tem tempo para o filho. Acredito que o que falta inicialmente na vida dela é a palavra PRIORIDADE, porq

  • priscila diz:

    Sábias palavras!

  • Anabella diz:

    ¡Hola Patricia! Yo también vi un grado de ansiedad en el e-mail que publicaste. En mi caso, sé inglés y también francés; pero no fue en pocos meses que logré aprender dichos idiomas. Por otro lado, voy a la facultad y trabajo. Puedo tener este ritmo de vida porque soy soltera, pero no es algo que haría si estuviera casada y/o con hijos porque hacer todo eso me requiere de mucho tiempo y plata. Además, es verdad que uno tiene que conocer su propio idioma para aprender otro. ¡Muchas gracias por todos tus mensajes Patricia! Besos desde Buenos Aires.

    • Patrícia Lages diz:

      Gracias por su mensaje, Anabella!

  • Vanessa (China) diz:

    Wow! Pena que não dá para colocar aqui aquele emoticon da mãozinha aplaudindo :), porque você merece aplausos. Arrasou no texto e na dica, como sempre aliás 🙂

  • Ana Claudia diz:

    Olá Paty,

    mais uma vez seu post esclareceu o que muitas de nós sabemos a resposta, mas nos perdemos quando vamos colocar em prática. Só sabemos que somos ansiosas(graças ao mundo moderno)porém o que realmente importa é saber PRIORIZAR, só assim destronaremos a ansiedade que como você disse e amei – Só emburrece!
    Beijos e obrigada Paty.

  • TALITA diz:

    Adorei! Toda essa questão de viver ansioso e colocando sua confiança em outras pessoas para decidirem sua vida, revela uma enorme falta de comunhão com o Senhor e também mostra como as pessoas têm perdido sua fé. Quem anda com Deus tem direção e não fica perdido…

  • Alessandra Inacia diz:

    Acho que vou publica um livro só pra mim.Com estes seus comentários.
    Pra nunca esquecer dessas suas perolas de sabedoria……

  • Marta diz:

    Realmente a Patty sempre arrasa nas postagens.
    Aprendendo muito com você.

  • Jaqueline diz:

    Paty,eu aprendi essa questão de priorizar no seu primeiro livro,e até hj quando estou querendo mil coisas eu me pergunto:O que dá pra eu fazer agora?
    E assim vou aprendendo que não dá pra fazer tudo o que planejo em um ano só.

  • Cristina Fontes diz:

    Onde devo mandar entregar o seu Oscar no quesito jornalista e blogueira do século kkkk.
    Mas falando sério impossível não te amar, só se a pessoa for muito cheia de mimi, acostumada a tomar sopa de minhoca como diz o Bispo Macedo. Beijos, um dia vou te conhecer pessoalmente já esta na minha lista de prioridades rsrs

    • Patrícia Lages diz:

      hahahahahaha… Obrigada, acho que vc acaba de me entregar o melhor prêmio!!

  • Joselene Lima diz:

    Sem coerência mesmo não saber sequer o próprio idioma e querer aprender mais dois. Outra coisa pior ainda: mandar um e-mail solicitando urgência na resposta e não lembrar depois. Acho que estão testando a sua paciência, não sei se aguentaria isso não. E-mails desse tipo nem perderia meu tempo respondendo (desculpe a sinceridade).

    • Patrícia Lages diz:

      Hehehehe… Às vezes é mesmo um teste de paciência, mas faz parte! 🙂

Seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatório são marcados *

*


Carreira Profissional

Cartão de Crédito

Investimentos

Pagamento de Dívidas

Faça uma busca no site:

Acompanhe também a Bolsa
Blindada nas redes sociais:


Receba todas nossas novidades!

Livros Bolsa Blindada:

Desenvolvido por: